Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Fátima | Passagem do papamóvel pela rotunda dos pastorinhos foi rápida, mas para quem viu valeu a pena

A passagem do Papa Francisco pela rotunda dos pastorinhos, em Fátima, foi rápida, mas para quem viu valeu a pena, tendo havido quem se emocionasse e outros para quem foi uma bênção. A multidão aglomerava-se nos passeios, ladeando não só a estrada de Minde, que liga o Estádio de Fátima à Rotunda dos Pastorinhos e de onde apareceu a comitiva que integrava o ‘papamóvel’, como se espalhava pelas ruas adjacentes e ocupava totalmente a rotunda.

Fotos: Cláudia Gameiro

A passagem pela rotunda foi feita de forma rápida, seguida de perto por um forte dispositivo de segurança da responsabilidade da Guarda Nacional Republicana (GNR). Apesar do momento ter sido breve, Sofia Gouveia diz que “superou qualquer expectativa” e admitiu que o Papa Francisco tem para ela um significado especial.

Maria Marto não teve dificuldades em conseguir ver o Papa passar porque tem a sorte de ter uma vizinha que tem casa ali perto, e foi de lá que assistiu a tudo. “Senti qualquer coisa no meu coraçãozinho e ainda me vieram as lágrimas aos olhos”, contou à Lusa.

Por outro lado, admitiu que o papa Francisco tem um significado especial para ela: “É muito humilde, muito nosso, muito do povo.” No meio da multidão destacava-se um grupo de amigos filipinos, chegados hoje de Lisboa. “Vimos [o papa] ao vivo. Foi muito rápido, mas para nós foi uma bênção”, disse Samir, em nome de todo o grupo, que entusiasticamente gritava por trás.

Manuel Vieira, por seu lado, contou que chegou três horas antes para conseguir encontrar o melhor lugar e tentar tirar uma fotografia ao Papa Francisco, e revelou que esteve naquele mesmo local há 50 anos para ver o papa Paulo VI.

“Gostei muito. 50 anos [depois] voltei cá de propósito. E este ano também faço 50 ano de casado, tudo no mesmo ano. É um ano especial”, admitiu. Luís Castro, por seu lado, disse que “é sempre importante ver uma personagem que lidera algo no mundo”.

O Papa Francisco foi hoje recebido com entusiasmo por milhares de pessoas em Fátima, e fez, em silêncio, uma longa oração junto à imagem de Nossa Senhora de Fátima, e pediu a “concórdia entre todos os povos”.

Jorge Mario Bergoglio, que no sábado vai canonizar os pastorinhos Francisco e Jacinta, chegou às 16:10 à base de Monte Real, sendo recebido pelas três principais figuras do Estado – o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o primeiro-ministro, António Costa, e o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues.

Francisco é o quarto Papa a visitar Fátima. Os anteriores que estiveram no maior templo mariano do país foram Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991, 2000) e Bento XVI (2010).

Agência Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome