Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Fátima: Parque das Pedreiras do Moimento terá “piscina”, auditório e campos de jogos

Um projeto ambicioso que já se encontra em papel e que está estimado entre 600 e 700 mil euros, nas pedreiras desativadas do Moimento, freguesia de Fátima. O esboço foi dado a conhecer à assembleia de freguesia de Fátima na sessão de 29 de setembro, quinta-feira, e deixou boa impressão. Um espelho de água onde se poderá dar mergulhos, um auditório ao ar livre, um Bar, campo de futebol, campo de ténis, entre outros equipamentos. “Estava a faltar” um espaço destes, comentaria a respeito o presidente da junta, Humberto Silva.

- Publicidade -

O Parque vai estender-se ao longo de 33 mil m2, numa zona de antiga pedreira (de onde saíram algumas das pedras do Santuário) e onde já foram plantadas algumas árvores, que pertence à junta de freguesia. O projeto será realizado por fases e com o apoio do município, explicou Humberto Silva, razão pela qual não será inaugurado em 2017. “Isto não é uma obra para um ou dois anos, mas para um mandato”, explicou.

Espaço de 33 mil m2 quadrados terá parque de merendas, auditório ao ar livre, uma "piscina", um bar, campo de futebol, campo de ténis, parque para autocarros, entre outros equipamentos. FOTO: mediotejo.net
Espaço de 33 mil m2 terá parque de merendas, auditório ao ar livre, uma “piscina”, um bar, campo de futebol, campo de ténis, parque para autocarros, entre outros equipamentos. FOTO: mediotejo.net

- Publicidade -

Em assembleia, Humberto Silva revelou algumas das características do plano. O parque terá um auditório e um espelho de água que começará com 5 centímetros, com uma profundidade gradual até 1,5 metros, onde será possível mergulhar. Será rodeado por relva, terá um parque de merendas e estruturas para vários desportos. “Não esperava tanto”, comentou o autarca, visivelmente satisfeito com o esboço que tem em mãos.

Alertado que o espaço pode dar lugar a várias enchentes no verão, pico alto das peregrinações em Fátima, Humberto Silva explicou que apesar da estrutura ser de acesso livre a todos, está pensado para usufruto dos fatimenses. O espaço terá inclusive um guarda, encarregado da manutenção e da vigilância do Parque.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome