Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Outubro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Fátima | Números de peregrinos regressam aos valores de 2015

Depois de dois anos “excecionais”, o Santuário de Fátima reconhece que atualmente se regista como que um regresso à normalidade, com os números de peregrinos a voltaram aos valores de 2015. Na conferência de imprensa de 12 de agosto, domingo, que antecedeu a peregrinação aniversária, o Cardeal D.António Marto fez um ponto de situação do afluxo de peregrinos, significativamente inferior ao do ano passado.

- Publicidade -

Os dados oficiais do Santuário de Fátima dão conta que em 2015 visitaram Fátima 6,7 milhões de peregrinos, já na altura registando-se um número recorde de peregrinações organizadas. É com estes dados que a instituição faz agora as suas comparações, adiantando D. António Marto que, até ao momento, houve “um ligeiro acréscimo de grupos estrangeiros presentes e um ligeiro decréscimo de grupos de Portugal”.

Assim, avançou, até 31 de julho foram registados 3.741.233 participantes nas celebrações do Santuário de Fátima, quer no programa oficial, quer nos programas dos grupos que visitam a instituição. “Trata-se de um número semelhante ao registado em igual período de 2015 (3.674.648)”, referiu.

- Publicidade -

“Os anos de 2016 e 2017 foram anos excecionais. Sobretudo em 2017, ano do Centenário das Aparições, os números registados superaram as nossas expetativas mais otimistas”, reconheceu. “Assim, muito compreensivelmente, a comparação faz-se com 2015. Importa referir que, na última década entre 2007 e 2017, o Santuário tem estabilizado o número de peregrinos participantes nas diferentes celebrações, cifrando-se essa média nos 5,5 a 6 milhões de peregrinos por ano”, comentou.

O prelado compararia esta média com a de Lourdes, que se centra nos 2,5 a 3 milhões de peregrinos ao ano, e com o Vaticano, que é de 4 milhões (excluindo visitantes dos museus e Basílica).

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome