- Publicidade -
Quarta-feira, Janeiro 19, 2022
- Publicidade -

Fátima | Graça Marques ganhou coragem e entregou livro ao Presidente da República

A hoteleira de Fátima e fotógrafa amadora Graça Marques teve um momento inesperado neste 13 de outubro. A acompanhar as celebrações do encerramento do centenário das aparições, pediu à equipa de segurança se podia entregar o seu livro “100 anos de Fátima” ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. O momento foi autorizado, tendo decorrido ainda dentro da Basílica do Rosário, minutos antes da partida do Presidente para Pedrógão Grande.

- Publicidade -

Já de saída do concerto da Orquestra da Gulbenkian que encerrou as celebrações, Marcelo Rebelo de Sousa parou por alguns instantes para cumprimentar Graça Marques e receber da suas mãos a obra de fotografia que a autora lançou recentemente no Museu da Consolata. Ainda exaltada com a oportunidade, a hoteleira comentou ao mediotejo.net pouco depois que a ideia lhe surgira nesse dia e que fora em busca da oportunidade. “Foi hoje à tarde que de repente me surgiu a ideia de entregar o livro, mas nem estava a fazer conta, nem sei como consegui entregá-lo ao Presidente”, desabafou.

Graça Marques. Foto: D.R.

Momentos antes da saída do Presidente a equipa de segurança pediu-lhe que entrasse dentro do hall de entrada da sacristia, por onde Marcelo Rebelo de Sousa iria sair. Graça Marques entregou a obra na presença do bispo de Leiria Fátima, D.António Marto, e do Reitor do Santuário, Padre Carlos Cabecinhas.

- Publicidade -

O encontro “correu muito bem”, tendo ficado a promessa do Presidente de que iria ver a obra. “Eu disse-lhe que eu era uma fotografa amadora”, explicou Graça Marques, natural de Fátima e com um negócio a poucos metros do Santuário. “Foi uma sensação sem explicação, nunca estava a fazer conta”, reiterou, salientando que o Presidente foi “muito simpático”. “Disseram-me que ele me ia dar dois beijinhos e deu”.

“Nos meus tempos livros gosto de tirar fotografias, é a minha paixão”, referiu ao mediotejo.net. Depois de “100 anos de Fátima”, Graça Marques tem já ideias para começar um novo projeto.

- Publicidade -

 

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome