- Publicidade -

Fátima | Cardeal António Marto nega citação contra o ‘Chega’ que circula no Facebook

Em comunicado divulgado este sábado, 16 de janeiro, a diocese de Leiria-Fátima afirma ser falsa a frase atribuída ao Cardeal António Marto que se encontra a circular pelas redes sociais contra o ‘Chega’. O sacerdote distancia-se da campanha eleitoral e do apoio a qualquer candidato ou partido, deixando apenas um apelo ao voto.

- Publicidade -

Não há indicação no comunicado de qual frase em específico se refere, mas este sábado o mediotejo.net apenas conseguiu encontrar uma foto com múltiplas partilhas no facebook. “É uma vergonha existir uma pessoa que se diz cristão católico a defender as ideias imorais desse partido de ideologia fascista chamado Chega”, pode ler-se, com foto e respetiva atribuição da frase a António Marto. Não há qualquer indicação da fonte da imagem e do contexto em que terá sido proferida a afirmação.

Em nota de imprensa, a diocese de Leiria-Fátima adianta que “nas últimas horas tem estado a circular nas redes sociais uma frase atribuída ao cardeal D. António Marto. As supostas afirmações publicadas nunca foram proferidas”.

- Publicidade -

“O bispo da Diocese de Leiria-Fátima abstém-se de entrar em campanhas eleitorais e não se pronuncia sobre qualquer candidato ou partido”, continua a mesma informação.

Ainda assim, D. António Marto “pede a todos os cristãos e cidadãos em geral para não se absterem e, assim, declararem através do voto a rejeição de qualquer tipo de populismo, contribuindo para a construção de uma sociedade mais humanista”.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).