Sábado, Fevereiro 27, 2021
- Publicidade -

F. do Zêzere: deputado António Filipe leva “Biocompost” à Assembleia da República

O deputado da CDU, António Filipe, eleito pelo círculo de Santarém para a Assembleia da República, vai levar as preocupações da população de Pias, no concelho de Ferreira do Zêzere, à Assembleia da República no que concerne à  Unidade de Compostagem “BioCompost” localizada em Terreirinho.

- Publicidade -

Depois de ter participado em duas reuniões de câmara e na última assembleia municipal, a população realizou uma manifestação contra os maus cheiros exalados junto à fábrica na passada sexta-feira, 14 de outubro, como agora deu conta ao mediotejo.net. A autarquia, liderada por Jacinto Lopes (PSD), argumenta que não pode fazer nada uma vez que não tem responsabilidades no que concerne ao funcionamento da fábrica, tendo apenas autorizado as licenças para a sua construção.

sam_1602
Manifestação decorreu à porta da fábrica, na freguesia de Pias. Foto: Direitos Reservados

- Publicidade -

A empresa BioCompost produz e comercializa produtos de origem biológica de modo a valorizar e recuperar solos pobres e com necessidades de matéria orgânica, tanto através do fertilizante orgânico como dos substratos, como forma de ajudar os agricultores a aumentarem as suas próprias produções agrícolas.

sam_1607
Populares queixam-se dos maus cheiros, alegadamente, exalados pela fábrica Foto: Direitos Reservados

A população queixa-se, no entanto, dos maus cheiros exalados pela unidade industrial (e que dizem que se sentem a vários quilómetros de distância) e da possível contaminação dos solos, duvidando que a mesma esteja a funcionar legalmente. Os populares ficaram ainda indignados quando souberam que os responsáveis da empresa foram avisados em relação à data da inspecção Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Vale do Tejo (DRALVT), considerando que, deste modo, tudo seja devidamente preparado para que a situação se continue a arrastar no tempo.

Para os populares a inspecção devia ser feita de surpresa para ter os efeitos esperados, num problema que decorre devido aos maus cheiros que a fábrica, alegadamente, exala. O assunto vai subir agora, através de um requerimento, à Assembleia da República.

Fotos: David Vale

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).