Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Exercício Trident testa defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica

No âmbito da fase LIVEX do exercício TRIDENT JUNCTURE 2015, decorreu no Campo Militar de Santa Margarida, Constância, um exercício de treino operacional da Bateria Light Gun 105mm do Grupo de Artilharia de Campanha e da Equipa de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR) da Polónia, da Brigada Multinacional.

- Publicidade -

- Publicidade -

Warming-up - CBRN training with Portuguese Artillery Group
Warming-up – CBRN training with Portuguese Artillery Group

O exercício teve como finalidade garantir a proficiência operacional dos Elementos da Brigada Multinacional, na sua componente de apoio de fogos, no planeamento, coordenação e controlo do apoio de fogos durante a conduta de operações terrestres.

- Publicidade -

Warming-up - CBRN training with Portuguese Artillery Group
Warming-up – CBRN training with Portuguese Artillery Group

A Bateria treinou a ocupação de uma área de atribuição de missão, a utilização do Sistema Automático de Comando e Controlo, o reconhecimento, a escolha e a ocupação de posições e a condução de missões de tiro (simuladas), adotando terminologia, metodologia e procedimentos em vigor na NATO.

Durante o treino e após um ataque NBQR, a equipa Polaca, procedeu à descontaminação dos meios humanos e materiais da Bateria. Consubstanciando a fase de consolidação de procedimentos ao nível de Bateria, materializou-se a dupla valência, nomeadamente na validação de procedimentos técnicos e táticos.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome