Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Exercício militar da NATO arranca dia 21 em Santa Margarida

É a maior operação militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) desde 2002 e alguns analistas consideram mesmo que será a mais importante desde o final da Guerra Fria.

- Publicidade -

- Publicidade -

O exercício da NATO ‘Trident Juncture 2015’ vai decorrer simultaneamente em Portugal, Espanha e Itália, envolvendo mais de 30 mil militares – seis mil dos quais portugueses. É constituído por duas fases: o exercício de Postos de Comando (CPX), que decorre até amanhã, 16 de outubro, e o exercício com as forças no terreno (LIVEX), entre 21 de outubro e 6 de novembro.

O Campo Militar de Santa Margarida, em Constância, com o apoio do Aeródromo Militar de Tancos, em Vila Nova da Barquinha, são locais estratégicos neste exercício de larga escala, tendo havido movimentações de milhares de soldados e de material logístico nas últimas semanas.

- Publicidade -

Fonte militar confirmou ao mediotejo.net que Santa Margarida é um dos pontos-chave do exercício em solo nacional e está a acolher tropas de várias nacionalidades até ao final do exercício. Uma Brigada do Canadá, composta por 3 000 militares, foi das primeiras a chegar à região.

Segundo a mesma fonte, o exercício de abertura, “decorreu no âmbito da fase de simulação dos postos de comando”. Até ao dia 6 de novembto, Em Santa Margarida “vão desenvolver-se as ações a nível de operações terrestres. Em Tróia as ações militares decorrem as ações militares marítimas, e em Beja vão decorrer os exercícios aéreos”, concretizou. Ao todo, o exercício mobilizará em Portugal mais de 10 mil efetivos de 14 países da NATO.

Trident

A Leste, tudo de novo

“O objetivo principal do exercício é garantir a capacidade da NATO em planear, gerar, preparar, projetar e sustentar forças e meios atribuídos em qualquer região do globo”, afirmou em julho o ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, quando a realização do exercício militar em Portugal foi anunciado.

Considerada uma “operação de músculo” da NATO, tentará, sobretudo, surtir um efeito dissuasor perante os inimigos mas quererá impressionar, sobretudo, a Rússia de Vladimir Putin. A Aliança tem vindo a colocar material pesado e aviões de combate na chamada “frente leste” e vários países da NATO estão a dar apoio militar à Ucrânia, sobretudo desde a Crise da Crimeia, em 2013 (a região ucraniana pró-Rússia que é alvo de disputa entre Kiev e Moscovo).

Foi nessa altura, em Vale do Lobo, no Algarve, que decorreu a primeira reunião de planeamento da operação Trident Juncture. Nesse encontro estiveram 291 representantes das forças armadas dos 28 países da NATO.

Nas diferentes fases de preparação do exercício já decorreram diversas actividades em Portugal, nomeadamente uma visita a Santa Margarida, no primeiro trimestre deste ano, com a participação de 150 militares dos vários países participantes.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

3 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite quem me dera poder fazer parte desse grande exercício. Mas infelizmente já não faço parte dessa casa. Tenho muitas saudades passei momentos bons e outros não, mas é como tudo faz parte da vida para crescermos. Um bem haja para todos os envolvimentos desse grande exercício. Atenciosamente. João Pires

  2. Ao invés de fazer esse exercício faz-de-conta até se vai gastar muito dinheiro, podiam mandar esses homens para a Síria tal como Putin (Rússia), que vai enviar cerca de 150.000 militares para derrotar o ISIS. Está tudo de patas pro ar!

    Nunca pior! :/

    • pensa dessa maneira amigo aquilo é uma zona de guerra aquilo eles atacaose uns aos outros e ninguem faz nada por que é que axas que a america ta toda fudida por putim ir para la a america quer o comando daquela merda agora com putim na disputa a enviar homems america vai fazer o mesmo e vai dar merda mas por acaso adoraria fazer parte do exercisio se deus quiser para o ano quero alistarme no exercito mas tenho de me informar se é preciso o 9 ano para ir para la se vcs souberem digaome por favor :)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here