Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Especial Mação | Centro de Negócios inaugura hoje com presença do secretário de Estado da Indústria

O Centro de Negócios/Ninho de empresas do concelho de Mação, situado na zona industrial das Lamas e que representa um investimento autárquico de cerca de 700 mil euros, vai ser inaugurado esta sexta-feira, dia 30, pelas 18h00. O momento contará com a presença de João Vasconcelos, Secretário de Estado da Indústria, seguindo-se visita oficial à 24ª Feira Mostra do Concelho.

A obra resulta da requalificação de edifícios industriais pertença do município (de uma antiga empresa de transportes) e passaram a incluir 29 módulos individuais que poderão ser disponibilizados em função das necessidades de cada empresa. Segundo a CMM há ainda possibilidade de se somarem 2, 3 ou mais módulos por forma a gerar espaço aos futuros utilizados para melhor gestão e organização da atividade.

Constituído por 3 edifícios autónomos, o Centro de Negócios/Ninho de empresas de Mação permite a instalação de empresas mais industriais, de índole tecnológica, de serviços/prestadores de serviços, de armazéns de várias tipologias e pluralidade de negócios.

O objetivo, segundo a autarquia, com este projeto é dotar o concelho de um Centro de Negócios onde os empresários encontrem espaços físicos que lhes dêem autonomia para estabelecerem as suas atividades de forma cómoda, a preços reduzidos, de forma imediata, num local versátil e acessível, tornando-se verdadeiramente num “ninho de empresas”.

A filosofia de funcionamento desta infraestrutura  insere-se na partilha de espaços e equipamentos comuns, como as salas de reuniões, salas de formação, serviços administrativos e segurança.

Vasco Estrela, presidente da CM Mação, referiu à comunicação social, aquando da apresentação do programa da 24ª Feira Mostra do concelho, que este Centro de Negócios representa um “investimento avultado do município, feito em exclusivo com orçamento municipal, e pretendemos ter ali um espaço para as empresas poderem desenvolver as suas atividades a preços muito competitivos, diria mesmo, simbólicos”.

Segundo o autarca, este “é o culminar de um processo que se iniciou há cerca de um ano e meio com a aquisição dos pavilhões devolutos e pensamos que, ao fazer esta obra e ao entregar esta obra ao concelho, estamos a ajudar e a contribuir para a criação, para o aparecimento e para a fixação de novas empresas, e também solidificação de algumas empresas que já possam existir no concelho”.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome

- Publicidade -