Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Especial Ferreira do Zêzere | Retrato das freguesias: Ferreira do Zêzere

No âmbito da Festa do Emigrante, o mediotejo.net visita o concelho de Ferreira do Zêzere, dando a conhecer um pouco da sua história e de cada uma das 7 freguesias que o compõem.

A história do nome da Vila de Ferreira do Zêzere começou em 1191 com a doação da herdade de Vale de Orjães, doada por D. Sancho I a Pedro Ferreiro, besteiro do reino, por atos de bravura e heroísmo na defesa do castelo de Montemor-o-Novo. Em 1222 Pedro Ferreiro concede foral aos habitantes da sua herdade e denomina-a de Vila Ferreiro. A proximidade do rio Zêzere será responsável pelo resto.

Consta que Alfredo Keil passou aqui largas temporadas. Terá sido nestas imediações que escreveu a “Ópera Serrana” e fez a orquestração do hino nacional “A Portuguesa” e ainda onde se terá inspirado para centenas de quadros.

“Estrada com vista de Thomar”, Alfredo Keil
Pintura a óleo sobre tela colada sobre cartão.
Supõe-se que o quadro tenha sido pintado a partir da estrada de Coimbra na zona do alto do Alvito.

Tem a palavra Pedro Manuel Santos Alberto, 49 anos, no cargo desde 2009 em representação do PSD.

O que tem de melhor e de pior a sua freguesia?
De melhor as pessoas e as paisagens! De pior teremos a imigração.

Como tem sido a relação da Junta de Freguesia com a Câmara de Ferreira do Zêzere?
Uma relação normal entre pessoas que trabalham no mesmo sentido, eventualmente com melhorias de ambos os lados.

Que dificuldades sente na gestão da freguesia?
A falta de verbas para poder corresponder minimamente às necessidades que a freguesia e os seus habitantes têm.

O que é mais gratificante no cargo de presidente de junta?
A relação diária com a população.

Complete a frase: não gostaria de terminar o meu mandato sem… terminar as promessas feitas aos eleitores. Gosto de cumprir com a minha palavra.

Retrato da Freguesia

Orago: São Miguel

Lugares: Bairrada; Bairradinha; Bixardo de Baixo; Bixardo de Cima; Cabeçadeira; Cardal; Carvalhais; Carvalhal; Casais; Casal da Cruz; Casal da Rainha; Castanheiras; Castelo; Cerejeira; Chão da Serra; Cubo; Estrada do Cardal; Ferreira do Zêzere; Fonte de Ferreira; Fonte de Prata; Lameirancha; Levegada; Linhares; Maxial de S. Pedro; Maxieira; Pardielas; Pombeira; Portinha; Portomar; Quinta do Loureiro; Quinta Nova; Rebelo; Ribeira; Salgueiral; Sanguineira; Sobreira; Vale da Figueira; Vale de Sachos e Valongo.

Área: 34,99m2
População: 2.353 habitantes

Brasão

Ordenação heráldica: 20 de outubro de 2010
Descrição: Escudo de ouro, monte de três cômoros de negro, nascente de uma ponta ondeada de prata e azul de três tiras; em chefe, a Cruz da Ordem de Cristo; nos flancos, à dextra ramo de pinheiro e à sinistra ramo de eucalipto, ambos de verde e frutados. Coroa mural de prata de três torres. Listei branco com a legenda a negro, em maiúsculas: “FREGUESIA de FERREIRA do ZÊZERE”.

Comecei numa das primeiras rádios locais do País, nos idos anos ‘80, passei pelas (então) novas áreas da informática, a par dos estudos da faculdade, e dediquei duas décadas à banca de investimento, até a Troika decidir mudar-me a vida. Troquei a capital por Abrantes e os números pelas letras. Não gosto do acordo ortográfico, continuarei a usar os "P" e dos "C", mesmo que não se leiam. A par da gestão e produção de vários projetos do grupo editorial do mediotejo.net fui desenvolvendo uma receita de compota de pimento que foi premiada em 2017 pela Inov’Linea e dois anos depois abri um espaço de restauração no centro histórico de Abrantes onde sirvo diariamente refeições com dois ingredientes especiais: amor e carinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome