Especial Fátima | Milhares de pessoas com velas acesas nas ruas próximas do Santuário

Benção da velas. Foto: Cláudia Gameiro

Milhares de pessoas que foram incapazes de aceder ao recinto do Santuário de Fátima pela entrada lateral sul demonstraram hoje a sua fé acendendo e caminhando com velas acesas pelas ruas limítrofes.

Nas imediações da Casa de Nossa Senhora do Carmo, as pessoas vão-se amontoando e, de velas acesas, assinalam o final do primeiro dia da peregrinação internacional, este ano presidida pelo Papa Francisco.

Francisco está hoje e sábado na Cova da Iria, para assinalar o Centenário das Aparições e, ainda, para canonizar os pastorinhos Jacinta e Francisco Marto.

O Papa marcava hoje à noite presença no santuário há pouco tempo e as ruas do lado sul do recinto estavam, cerca das 21:30, com milhares de peregrinos a deslocarem-se para o espaço de oração, constatou a agência Lusa no local.

Algumas centenas de peregrinos optaram também por sair da zona sul de acesso ao Santuário e tentar entrada pela zona da Basílica da Santíssima Trindade, no topo do recinto.

De Vila Viçosa, Fernanda Brinquete, de 41 anos, lamentava ter caminhado oito dias até Fátima e não conseguir ver o papa.

“Tentámos entrar por todo o lado no recinto e não conseguimos”, explicou à agência Lusa, quando caminhava em direção ao alojamento, mas já a prever ir buscar uma manta para dormir no recinto de oração e, assim, garantir que no sábado possa conseguir ver o papa.

Mónica Dias, de 37 anos, que integrava o mesmo grupo, declarou-se “triste”, mas ainda não tinha desistido de ver Francisco.

“Não posso lamentar, é muita gente”, afirmou, por seu turno, Eduardo Paquete, de 68 anos, de Matosinhos, sentado, com a vela acesa na mão, nas imediações da Casa de Nossa Senhora do Carmo, onde vai dormir o papa, junto de tantos outros peregrinos que iluminavam a rua.

Depois de fazer 370 quilómetros a pé, Jorge Morais, de 38 anos, e com seis velas acesas nas mãos – pela família – desistiu de entrar no santuário.

“O que importa é estar aqui [em Fátima]”, declarou, nada aborrecido por virar costas ao santuário e caminhar à procura de outro canto para se instalar.

O Papa Francisco saiu hoje às 21:00 da Casa Nossa Senhora do Carmo, onde pernoitará, sendo transportado no papamóvel até ao corredor central do recinto do Santuário, cumprindo a pé parte do trajeto até à Capelinha das Aparições, onde chegou às 21:14, para a bênção das velas.

No trajeto, beijou algumas crianças e cumprimentou fiéis, mostrando boa disposição, partilhada pelo bispo de Leiria-Fátima, António Marto, que o acompanhava.

Dezenas de bandeiras das mais diversas nações, assim como a luz de milhares de velas, coloriram igualmente o trajeto de Francisco. Quando o Papa entrou no recinto, iluminou-se, pela primeira vez, o terço gigante da autoria de Joana Vasconcelos, colocado junto à Basílica da Santíssima Trindade.

Agência Lusa

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here