Especial Educação | Cursos profissionais no secundário e no superior têm cada vez mais procura

Os cursos profissionais têm inscrições a decorrer e fazem parte da oferta formativa das escolas profissionais (públicas ou privadas), bem como das escolas secundárias da rede pública. Neste portal é possível pesquisar todas as informações sobre os cursos existentes no Médio Tejo: uma opção para os alunos que tenham concluído o 9.º ano de escolaridade ou formação equivalente, e procurem um ensino mais prático e voltado para o mundo do trabalho.

Também os cursos técnicos superiores profissionais (Tesp), formações de dois anos ministradas pelos Institutos Politécnicos em ligação com as empresas, abriram agora as suas candidaturas para aqueles que terminaram o secundário ou têm mais de 23 anos, decorrendo a primeira fase de inscrições até 31 de agosto.

Uma aposta de sucessivos governos

Há mais de 110 mil alunos, em quase 700 estabelecimentos, com idades entre os 15 e os 20 anos, a frequentar o ensino profissional. Representam cerca de 45% dos alunos do secundário, ainda abaixo da fasquia dos 50%, média de muitos países europeus, e que tinha sido apontada como uma meta pelo Governo PSD/CDS (2011-2015), quando Nuno Crato era ministro da Educação.

O Governo PS, que lhe sucedeu, estabeleceu como objetivo ter 55% dos alunos do secundário no ensino profissional. Entretanto, optou por desvalorizar as metas percentuais, preferindo sublinhar a aposta forte na qualificação dos jovens, a melhoria da rede de ensino profissional de acordo com as necessidades locais e regionais, assim como um reforço dos recursos humanos nesta via de ensino.

Até 2023 o Governo quer também mais do que duplicar o número de alunos com origem nesta via de ensino a estudar no ensino superior, estando em preparação uma nova forma de acesso para que estes alunos possam concorrer a qualquer curso que pretendam.

Está também a ser reforçada a aposta nos cursos técnicos superiores profissionais e, até 2030, o objetivo é atingir a meta de 15 mil diplomados. Os Tesp, formações de dois anos ministradas pelos Institutos Politécnicos em ligação com as empresas, foram criados em 2016 e tiveram, no ano passado, 10.025 alunos inscritos, o que traduz um aumento de 21% face ao ano letivo anterior.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here