- Publicidade -

Especial Abrantes | Retrato das Freguesias: Tramagal

No âmbito das Festas da Cidade de Abrantes, que assinala no dia 14 de junho o seu centésimo primeiro aniversário de elevação a Cidade, o mediotejo.net visita o Concelho, dando a conhecer um pouco da história de cada uma das 13 freguesias que o compõem.

Conta a lenda que o nome terá origem nas tramagas – pequenas moitas de arbusto espontâneo, com algumas propriedades medicinais.  Conta a história que a Rainha D. Leonor, esposa do rei D. João II, quando ia a caminho de uma festa, ao passar por esta localidade, terá exclamado “mas que grande tramagal“.

Tramagal é freguesia desde 24 de junho de 1754 e vila desde 03 de julho de 1986. Está situada na parte ocidental do concelho, a sul do Tejo. Tem como vizinhos o concelho de Constância a oeste e norte, tem Rio de Moinhos a norte, a sede do concelho a nordeste e São Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo a sueste. É ribeirinha à margem esquerda do rio Tejo ao longo dos limites com Rio de Moinhos e Abrantes (S. Vicente e S. João) e Alferrarede e da parte norte do limite com Constância.

A longa tradição do associativismo faz com que Tramagal, actualmente com 19 associações, seja conhecida como “Vila Convívio”.

Tem a palavra … Vitor Hugo Bráz Vicente Cardoso, 56 anos, no cargo há oito anos em representação do PS.

O que tem de melhor e de pior a sua freguesia?
De melhor posso apontar a história riquíssima da freguesia: industrial, desportiva e associativa. Gente empreendedora que ao longo de séculos criou grandes marcas. O mote de Vila Convívio que tem por hábito o saber receber bem.

De pior é a falta de serviços de saúde e acima de tudo a falta de massa humana, massa crítica e gente jovem.

Como tem sido a relação da Junta de Freguesia com a Câmara de Abrantes?
Mantemos sempre uma boa relação com o executivo, com a equipa da Câmara e com os seus colaboradores. Todos são um exemplo.

Que dificuldades sente na gestão da Freguesia?
Falta de recursos humanos, principalmente colaboradores com qualificação profissional.

O que é mais gratificante no cargo de Presidente de Junta?
As pessoas, as relações sociais e humanas, o saber ouvir a comunidade, o contacto diário com a população, o tentar fazer sempre o melhor e melhor.

Complete a frase: Não gostaria de terminar o meu mandato sem… dar por concluídas as obras em curso e conseguir responder de forma adequada às solicitações da população.

Museu da Metalúrgica Duarte Ferreira (MDF), a fábrica que tornou a borboleta num símbolo de poderio industrial, inaugurado no dia 01

Retrato da Freguesia

Orago: Nª Srª da Oliveira
Localidades: Crucifixo, Chão de Lucas, Coelheira e Barrocas
Área: 24,06 Km2
População: 4.043 habitantes

Ordenação heráldica do brasão: 11 de dezembro de 2003

Descrição do brasão: nd

Comecei numa das primeiras rádios locais do País, nos idos anos ‘80, passei pelas (então) novas áreas da informática, a par dos estudos da faculdade, e dediquei duas décadas à banca de investimento, até a Troika decidir mudar-me a vida. Troquei a capital por Abrantes e os números pelas letras. Não gosto do acordo ortográfico, continuarei a usar os "P" e dos "C", mesmo que não se leiam. A par da gestão e produção de vários projetos do grupo editorial do mediotejo.net fui desenvolvendo uma receita de compota de pimento que foi premiada em 2017 pela Inov’Linea e dois anos depois abri um espaço de restauração no centro histórico de Abrantes onde sirvo diariamente refeições com dois ingredientes especiais: amor e carinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -