Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

“Entroncartes, 2ª exposição dos associados”, por Massimo Esposito

No dia 27 de dezembro, às 17:30, foi inaugurada a 2ª exposição de pintura e desenho dos associados da Entroncartes, na sua sede, no Entroncamento.

- Publicidade -

Mas o que é a Entroncartes? É uma associação de artistas plásticos, músicos, atores, artesãos…. Que se juntaram para poder divulgar o próprio trabalho e apresentar ideias novas para que arte e artistas possam ter um novo espaço na nossa sociedade.

Nas palavras da Presidente da Associação, Inês Marques, as propostas para o 2016 são múltiplas e abrangem desde uma serie de exposições no Ribatejo até graffiti de grandes dimensões e eventos em feiras com body painting, musica ao vivo e interações com os visitantes.

- Publicidade -

A Associação nasceu porque se sentia um vazio, a nível cultural, para os novos artistas e para quem já trabalha neste mercado há anos pode ser uma mais-valia, para mostrar o próprio trabalho.

Na sede, no Euroshopping de Entroncamento, cedida pela autarquia, todas as sextas feiras à tarde há um atelier de desenho e pintura que desenvolve as capacidades pessoais de cada inscrito, para progredir no conhecimento das Belas Artes e já tem uma exposição agendada para o dia 20 de fevereiro na Galeria Municipal de Entroncamento.

Na exposição podem-se ver : um desenho a grafite hiperrealistico de David Mela, uma obras numa técnica muito complicada (scroll) de Luís Campos, acrílicos de Andrij Koval, Sérgio Santos, Luís Pedro Veiga e Filomena Marques, retratos a carvão, uma gravura de uma jovem de Entroncamento, um óleo de Massimo Esposito e outro de Inês Marques..mas sobretudo a vontade de mostrar algo diferente, inovador e que se possa aproximar do publico em geral.

Os associados tentam, apesar de muitas pressões negativas, de fincar as próprias ideias, de fazer valer as próprias magoas e os projetos para uma arte que se aproxima do transeunte, uma arte mais “popular” no sentido de despertar interesse na arte das pessoas que trabalham e tem um dia preenchido mas que ainda assim possam encontrar “deleite” em ver  arte, em sentir arte.

Segundo os associados isto é possível e estamos curiosos, com certeza, de ver a Entroncartes no Médio Tejo como referência.

 

Pintor Italiano, licenciado em Arte e com bacharelato em Artes Gráficas em Urbino (Itália), vive em Portugal desde 1986. Em 1996 iniciou um protejo de ensino alternativo de desenho e pintura nas autarquias do Médio Tejo que, após 20 anos, ainda continua ativo. Neste projeto estão incluídas exposições coletivas e pessoais, eventos culturais, dias de pintura ao ar livre, body painting, pintura com vinho ou azeite, e outras colaborações com autarquias e instituições. Neste momento dirige quatro laboratórios: Abrantes, Entroncamento, Santarém e Torres Novas.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here