Sexta-feira, Fevereiro 26, 2021
- Publicidade -

Entroncamento | Rock juntou músicos da cidade em concerto inédito (c/ fotos e vídeo)

A sexta noite das Festas de S. João e da Cidade do Entroncamento ficou marcada pelo espetáculo “Rock in the City”, que juntou músicos locais no palco principal. O Rock marcou presença no Largo José Duarte Coelho durante as atuações de Ricardo Costa, Valter Guia, Pedro Dyonysyo, Mauro Pinheiro, Sónia Mota, Ricardo Oliveira, Miguel Maat e Ricardo Monteiro. Estivemos lá nesta quarta-feira e assistimos às interpretações a solo, aos duetos e ao momento final, em que a chuva também decidiu aparecer para aplaudir o “Circo de Feras”, dos Xutos & Pontapés, cantado a oito vozes.

- Publicidade -

O programa das festas do concelho voltou a incluir um concerto inédito com músicos locais. Em 2017 cantou-se “Em Bom Português” e o mote deste ano foi o Rock com o projeto “Rock in the City”, que juntou Ricardo Costa, Valter Guia, Pedro Dyonysyo, Mauro Pinheiro, Sónia Mota, Ricardo Oliveira, Miguel Maat e Ricardo Monteiro no palco principal. Os duetos surgiram entre os temas cantados a solo e para o final ficou reservada a interpretação conjunta pelos oito artistas.

- Publicidade -

Momento final do concerto “Rock in the City”

A uma só voz surgiram temas de todos os tempos. Uns conhecidos pelas gerações mais antigas, como “Johnny B. Goode” de Chuck Berry, interpretado por Pedro Dyonysyo, “Chiclete” dos Taxi, interpretado por Ricardo Oliveira, “You Shook Me All Night Long” dos AC/DC, interpretado por Sónia Mota, “Rebel Yell” de Billy Idol, interpretado por Ricardo Monteiro, e “Sunday Bloody Sunday” dos U2 interpretado por Ricardo Costa.

Cada artista interpretou dois temas a solo e entre eles também surgiram os de bandas mais recentes. Miguel Maat trouxe os Franz Ferdinand com “Take me Out”, Valter Guia os Range Against The Machine com “Killing In The Name” e Mauro Pinheiro os Muse com “Psycho”. O ambiente roqueiro manteve-se durante os duetos de Ricardo Costa e Pedro Dyonysyo, Sónia Mota e Mauro Pinheiro e Valter Guia e Ricardo Monteiro.

O primeiro par cantou “In The End” dos Linkin Park, o segundo partilhou a letra de “Bad Case Of Loving You” de Robert Palmer e o terceiro embalou o público com “Open Your Eyes” dos Alter Bridge. Às vozes dos músicos locais juntaram-se, em todos os momentos, a guitarra de Hugo Minds, o baixo de João Faria e a bateria de Flávio Filipe e se a língua inglesa dominou o espetáculo, o Rock português teve destaque no final.

Sónia Mota representou as vozes femininas do Rock. Foto: mediotejo.net

Os Xutos & Pontapés acabaram por aparecer com o seu “Circo de Feras” a receber os primeiros pingos de chuva e os relâmpagos da trovoada que durou noite dentro. Corridas do público para procurar refúgio, mesas e bancas recolhidas em tempo recorde e a noite terminou com despedidas feitas à pressa. A noite, não as Festas de S. João e da Cidade do Entroncamento, que terminam oficialmente no dia 23.

Até ao encerramento do programa, o palco principal recebe, sempre às 22h00, o hip-hop de Piruka no 21 e o pop de David Antunes & The Midnight Band a 22. No sábado surge o pop-rock dos GNR, depois da música andar pelo Largo José Duarte Coelho a partir das 20h00 com Marvin Dolfer Big Band, grupo vindo de Friedberg, cidade alemã geminada com o Entroncamento.

Valter Guia e Ricardo Monteiro cantaram juntos “Open Your Eyes”, dos Alter Bridge. Foto: mediotejo.net

Na sexta-feira, os Djs Addline e Alex V (Djs At Work) ocupam o palco às 00h00 e, no sábado, é a vez do Dj Alvim, a partir das 00h30. A música do Dj que muitos conhecem como humorista e apresentador começa a tocar meia-hora depois do espetáculo piromusical junto do edifício dos Paços do Concelho. A animação de rua com Batuka – Luís Neves / Entroncartes continua dia 21, das 18h00 às 20h00, e o Orfeão do Entroncamento atua no Centro Cultural às 20h30.

A Praça Salgueiro Maia recebe a Banda Stew e o grupo Som Pa’Tudo, às 21h00 e 22h00 de dia 21, e o duo Señoritas (Mitó Mendes e Sandra Baptista) às 22h00 de dia 22. No sábado, os alunos da Escola de Karaté do Entroncamento e da Academia de Dança do Entroncamento sobem ao palco às 11h00 e às 20h30, que deixam livre para o Grupo de Sevilhanas “Sombreros y Peinetas”, pelas 22h00.

O programa anuncia o final das festas a 23, mas a 24 também há iniciativas do programa religioso. A missa na Igreja da Sagrada Família tem início às 16h00, seguindo-se a procissão que parte às 17h00 na Rua da Igreja e termina na Capela de São João Baptista. O percurso inclui passagem por ruas como a Rua Luís Falcão de Sommer, Rua 5 de Outubro e Rua Nun’Alvares Pereira.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).