Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Entroncamento | PSD acusa executivo de falta de respostas na Assembleia Municipal

O PSD do Entroncamento emitiu um comunicado esta quinta-feira, dia 28, no qual acusa Jorge Faria e o seu executivo de ter deixado os deputados municipais do partido sem resposta na última sessão da Assembleia Municipal, realizada na passada quarta-feira, dia 26. O documento que faz alusão à falta de limpeza urbana e às más condições das vias rodoviárias, equipamentos escolares e piscinas municipais, também refere a congratulação pela aprovação da moção associada à Bacia Hidrográfica do Tejo, aprovada nesta sessão.

- Publicidade -

O texto começa por referir que os eleitos pelo partido colocaram “um conjunto de questões e interpelações sobre situações vividas no concelho, as quais não mereceram qualquer resposta de Jorge Faria e do seu Executivo”, enunciando diversas situações no seguimento da apresentação dos “dados do Executivo sobre a correção das suas contas” e criticando a postura da bancada do PS na resposta dada sobre as piscinas municipais na qual terá justificado “o que de mal acontece com questões estruturais da responsabilidade de quem construiu a piscina”.

As situações apontadas pelo PSD são uma “cidade tão pouco limpa, com jardins mal cuidados, muitas zonas cheias de ervas, ruas com maus pavimentos e passeios, com uma educação gerida com falhas nos equipamentos escolares como a climatização ou a ausência de palas protetoras da chuva e do sol nas entradas das escolas, com o Parque Verde do Bonito mal cuidado, com passadeiras para peões sem pintura, com atrasos na abertura das piscinas sem água quente, bem como com falhas na manutenção, entre muitas outras”.

- Publicidade -

Jorge Faria é acusado de deixar os deputados do PSD sem respostas na Assembleia Municipal. Foto: mediotejo.net

O comunicado termina com referência à aprovação da moção associado à Bacia Hidrográfica do Tejo, acrescentando que a moção “começa por considerar que o maior problema que urge resolver na bacia hidrográfica do Tejo é a qualidade e quantidade da água”. Entre as recomendações, destaca “um programa estrutural, dotado financeiramente, para a região hidrográfica do Tejo, que privilegie a quantidade e qualidade da água, previna as condições adversas resultantes das alterações climáticas, racionalize e promova o ordenamento e a utilização económica dos recursos”.

É, igualmente, referido que o PSD “na sua declaração de voto final, quis ainda manifestar o seu empenho em ações deste tipo em áreas como por exemplo das infraestruturas ferroviárias, e outras estratégicas e estruturantes para o desenvolvimento do Concelho, que permitam apoiar a ação do Executivo na melhor forma de servir o município e os cidadãos”.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here