Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Agosto 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Entroncamento | PSD acusa autarquia de “inércia”, Jorge Faria diz que PSD anda nervoso

O PSD do Entroncamento emitiu um comunicado em que aponta a “inércia” da autarquia durante o verão, depois do partido ter apresentado aquilo que diz ser “um balanço real da situação vivida na cidade ao longo dos últimos meses” durante a reunião camarária na passada segunda-feira, dia 3. Jorge Faria, presidente da Câmara Municipal, responde que as acusações “revelam algum nervosismo do PSD” face ao trabalho desenvolvido e que está a “tentar denegrir a imagem do executivo”.

- Publicidade -

No documento intitulado “Um verão para esquecer numa cidade votada ao abandono”, datado de 6 de setembro, o PSD deu seguimento por escrito às críticas apresentadas pelos vereadores Jaime Ramos e José Miguel Baptista na última reunião do executivo municipal, começando por indicar as “deficiências sentidas na recolha de lixo” e os “cheiros nauseabundos que afetaram toda a zona do concelho”, sobre os quais a autarquia não se terá pronunciado “em momento algum”.

Outras situações destacadas são o “abandono total de zonas verdes da cidade, secas e sem manutenção” e o “não funcionamento dos repuxos nas zonas pedonais na cidade”, referindo ainda que durante o verão se verificou “o maior desinvestimento de que há memória: atividades culturais diminutas, inexistência de respostas para as crianças, os jovens, os adultos e os idosos, e ainda um crescente abandono do espaço publico”, nomeadamente a “zona do Parque do Bonito”.

- Publicidade -

Na reunião da Câmara Municipal referida, em que o mediotejo.net esteve presente e transmitiu em direto através de liveblog, o vereador José Miguel Baptista fez referência à “fraca” oferta cultural do concelho durante o período de verão e às denúncias de munícipes relativas ao estado deteriorado do Parque Verde do Bonito, tendo a qualidade da água da albufeira deste espaço verde suscitado um pedido adicional de esclarecimentos.

O comunicado surge no seguimento da última reunião do executivo municipal. Foto: mediotejo.net

Jorge Faria respondeu durante a reunião que estavam a ser realizadas análises “nos pontos de entrada da água no concelho” para determinar a qualidade da água da albufeira do Bonito e que os resultados seriam conhecidos no final do mês de setembro. Quanto aos maus cheiros, o presidente referiu que tudo indicava terem origem numa empresa localizada no concelho de Torres Novas e que estes não se mantiveram.

A informação foi entretanto confirmada pelo autarca quando contactado pelo mediotejo.net, esta segunda-feira, para obter uma reação às acusações do PSD, tendo o mesmo acrescentado, no caso da qualidade da água da albufeira do Bonito, que as análises estão a ser realizadas durante o mês de setembro e que não tem conhecimento de “qualquer iniciativa feita pelo PSD” quando era responsável pelo município no sentido de resolver um “problema que dura desde sempre”.

Segundo o autarca, o comunicado do PSD surge como forma “de tentar denegrir a imagem do executivo”, dizendo não se rever “nessas informações”, que o trabalho desenvolvido pela autarquia “é público” e tem vindo a ser melhorado, nomeadamente ao nível da oferta cultural. As acusações revelam “algum nervosismo do PSD” que, nas suas palavras, não apresentou propostas para solucionar as situações apontadas.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome