Entroncamento | Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil revisto e aprovado

A primeira revisão ao PMEPC – Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil do concelho foi aprovada. A publicação em Diário da República, no passado dia 9, permite à Câmara Municipal do Entroncamento assegurar a coordenação técnica e operacional dos meios e recursos, assim como aplicar medidas de caráter excecional nos teatros de operações, através do Serviço Municipal de Proteção Civil.

O comunicado da autarquia esclarece que o PMEPC trata-se de um “instrumento de suporte às operações de proteção civil em caso de iminência ou ocorrência de um acidente grave ou catástrofe”, acrescentando que a sua ação neste âmbito tem como objetivo de salvaguardar “os níveis de proteção dos cidadãos e do património”.

A elaboração do plano teve em consideração riscos naturais, tecnológicos e mistos, nomeadamente “condições meteorológicas adversas, riscos hidrológicos e geológicos, acidentes com transportes, vias de comunicação e infraestruturas, atividade industrial e áreas urbanas e incêndios em espaços rurais/florestais”.

PUB

O PMEPC será alvo de testes e atualizações considerados pertinentes que garantam a sua adequação à realidade do concelho do Entroncamento. Uma vez publicada a Resolução n.º 4/2018 da Comissão Nacional de Proteção Civil, prevê-se que a entrada em vigor ocorra até 12 de novembro de 2021.

PUB
Sónia Leitão
Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).