Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Entroncamento | Município associa-se à causa da Prevenção de Maus Tratos na Infância

Promover os direitos das crianças, as relações de proximidade, de afeto e uma parentalidade positiva entre pais e filhos e sensibilizar a comunidade em geral para a importância da prevenção dos maus tratos na infância e juventude são os principais objetivos da campanha nacional “Abril, mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”.

- Publicidade -

O Município do Entroncamento, juntamente com a CPCJ do Entroncamento – Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, anunciou que se associa a esta campanha nacional.

Essa adesão passa pela iluminação do edifício dos Paços do Concelho de azul e na campanha de distribuição do “Laço Azul”, símbolo desta causa e ainda nas atividades que irão decorrer durante o corrente mês.

- Publicidade -

A Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon) iniciou-se em 1989, na Virgínia, E.U.A. quando uma avó, Bonnie W. Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro para fazer com que as pessoas se questionassem. A história que Bonnie Finney contou aos elementos da comunidade que a abordaram foi trágica, contando os episódios de maus-tratos à sua neta. O seu neto já tinha sido morto por maus tratos, de forma brutal. E porquê azul? Porque apesar do azul ser uma cor bonita, Bonnie Finney não queria esquecer os corpos batidos e cheios de nódoas negras dos seus dois netos. O azul servir-lhe-ia como um alerta constante para a sua luta na proteção das crianças contra os maus tratos.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome