- Publicidade -

Quarta-feira, Janeiro 26, 2022
- Publicidade -

Entroncamento | CDS-PP apresentou pilares da candidatura

Natalidade, segurança, juventude e mobilidade são os quatro principais pilares programáticos da candidatura do CDS-PP às eleições autárquicas de 1 de outubro no Entroncamento.

- Publicidade -

Numa conferência de imprensa realizada no dia 21 na sede de campanha, o cabeça de lista à Câmara Municipal do Entroncamento, Pedro Gonçalves, deu a conhecer o documento programático.

No que se refere à natalidade, os centristas defendem medidas de apoio a natalidade com base no slogan “mais crianças, mais futuro”. Propõem a implementação do IMI familiar, de modo a que o agregado familiar tenha uma discriminação positiva, atendendo ao número de dependentes. O mesmo critério seria aplicado nos escalões de consumo de água.

- Publicidade -

Apoios a famílias numerosas, criação do portal/gabinete da família, implementação do programa “bebé fenómeno” (em que cada criança que nasce no concelho teria acesso a um pacote de benefícios para a criança e família) e incentivos a jovens famílias que se queiram fixar no Entroncamento são outras propostas da candidatura do CDS-PP.

“Mais jovens, mais vida” é o slogan do “(Re)Volta”, um programa de incentivo aos jovens naturais do Entroncamento, para voltarem a sua cidade natal.

- Publicidade -

Neste “pilar”, os centristas defendem bonificação para a bolsa de arrendamento de habitação, isenção de IMI nos primeiros três anos e da derrama por 5 anos, redução da taxa de IRS nos primeiros cinco anos e isenção das taxas de construção. Propõe-se ainda a criação do cartão Re(Voita), com reduções nos transportes urbanos, utilização da piscina e outros benefícios com os parceiros locais.

“Mais mobilidade, mais sustentabilidade” é outro “pilar” e outro slogan do CDS-PP do Entroncamento.

Criação de dois pontos de abastecimento para veículos elétricos, em cada freguesia e de lugares de estacionamento reservados a veículos elétricos e híbridos e a motociclos, são as duas primeiras propostas nesta temática.

Outras ideias passam pela criação de uma rede de bicicletas de empréstimo e de parques para bicicletas, bem como o alargamento da ciclovia a zona industrial, estação dos caminhos-de-ferro, escolas e serviços públicos.

No que respeita a segurança, os centristas propõem a criação de uma rede de vídeo vigilância na cidade e edifícios públicos, em simultâneo com o aumento da iluminação em locais de maior vulnerabilidade e do efetivo de guardas noturnos.

Reforçar meios humanos e físicos na esquadra da PSP, dignificando a profissão é mais uma proposta do CDS-PP, a que se acrescenta reestruturar o trânsito na cidade, reforçar a capacidade da proteção civil e isentar os bombeiros voluntários da cidade e guardas noturnos do pagamento dos primeiros 5 m3 de água.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome