Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Setembro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Entroncamento | Jorge Faria considera “alarmistas” declarações do PSD sobre Museu Ferroviário

O presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, que integra o Conselho de Administração da Fundação Museu Nacional Ferroviário, classifica como “alarmismo ou se calhar campanha eleitoral” as declarações do PSD a propósito da situação financeira do Museu. O deputado Duarte Marques (PSD) enviou esta semana uma pergunta ao Ministro das Infraestruturas e Habitação onde questiona se o “o Governo vai fazer cumprir o OE2019 e levar a que CP aumente os valores das transferências para o Museu Nacional Ferroviários acima dos valores do ano anterior?”

- Publicidade -

“Neste momento houve uma tentativa de desestabilizar”, disse Jorge Faria, após a sessão da Assembleia Municipal do dia 25. Questionado sobre a garantia que pode ser dada aos trabalhadores de que não haverá ordenados em atraso, Jorge Faria, foi peremptório: “Claro, não estão em causa os salários”.

O autarca reconhece que “infelizmente tem havido algumas dificuldades financeiras que vão acontecendo nos últimos anos”, mas garante que o Secretário de Estado das Infraestruturas “está bem ciente e comprometido para se encontrar uma solução para regularizar o financiamento do museu”.

- Publicidade -

Sem esconder as dificuldades financeiras, Jorge Faria lembra que “foi dado um grande passo o ano passado com a ajuda de todos os deputados eleitos pelo distrito de Santarém em que foi possível juntar a Fundação às situações que já são excecionadas”.

Ou seja, conseguiram fazer aprovar uma alteração ao Orçamento de Estado que juntasse este Museu ao reduzido conjunto de fundações (Casa da Música ou o Centro Cultural de Belém) que podem receber transferências de financiamento público além do previsto no Orçamentos de Estado que limitam as transferências ao valor referência do ano transato.

Sobre as dificuldades financeiras do Museu, o deputado Duarte Marques (PSD) enviou esta semana uma pergunta ao Ministro das Infraestruturas e Habitação onde questiona se o “o Governo vai fazer cumprir o OE2019 e levar a que CP aumente os valores das transferências para o Museu Nacional Ferroviários acima dos valores do ano anterior?”

Pretende-se saber “qual o montante transferido pelo Estado, desde outubro de 2015,
para o Museu Nacional Ferroviário” e “como explica o Governo que duas empresas sob a sua tutela não se entendam quando ao financiamento de um Museu do qual são os dois
principais acionistas e se encontram sob a sua tutela direta?”

“Quais são os planos do Governo para garantir a sustentabilidade futura do MNF e para acabar com a recorrente situação de ameaça de atraso no pagamento de salários ou até, como já aconteceu, de possível encerramento do Museu?”, questionou ainda o deputado.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome