Entroncamento | Infiltrações no pavilhão desportivo geram chuva de acusações entre PS e PSD

Pavilhão Desportivo do Entroncamento. Foto: DR

As infiltrações do pavilhão desportivo municipal, transmitidas em direto pela TVI durante a realização do jogo de futsal Benfica/Sporting no passado dia 3 de dezembro, geraram uma chuva de acusações entre o executivo socialista e o partido social-democrata nos últimos dias. O PS acusa o PSD de “memória curta” e o PSD responde que “quem não ama a nossa terra, nem gosta daquilo que faz, nunca o pode fazer bem”.

PUB

A recente realização do jogo de futsal Banfica/Sporting no pavilhão desportivo municipal do Entroncamento a 3 de dezembro continua a ser tema de conversa no concelho. No entanto, a discussão não se prende com o resultado final ou as faltas, mas sim pelo facto do derby transmitido em direto pela TVI ter ficado marcado pelas infiltrações geradas pela intensa chuva que se fez sentir nesse dia.

As conversas de café entre munícipes passaram para a esfera política, motivando uma acesa troca de acusações entre o executivo socialista e o partido social-democrata através de comunicados e redes sociais desde a passada quarta-feira, dia 7, data em que a Câmara Municipal do Entroncamento decidiu esclarecer publicamente as “questões levantadas de falta de manutenção dos equipamentos”.

PUB

No comunicado enviado às redações, a autarquia apresenta dados relacionados com o processo de construção do pavilhão desportivo, desde o início da construção, 1987, até às obras de impermeabilização no passado mês de novembro. Durante esse período são salientadas as obras “insuficientes” e o levantamento das necessidades em resultado das quais “nada foi feito” por parte do anterior executivo.

O documento anuncia “uma impermeabilização completa da cobertura do pavilhão municipal” e uma “intervenção de fundo na cobertura das piscinas municipais”, cujas infiltrações são apontadas como “outra herança do anterior executivo”. Crítica que é reforçada com as acusações de “aproveitamento político” e “memória curta” dos que “recorrem a todos os expedientes para denegrir a imagem deste executivo indiferentes às consequências para a imagem da nossa Cidade”.

PUB

A resposta do PSD chegou menos de 48 horas depois no texto intitulado “Comunicado socialista de pré-campanha nervosa denuncia ocupação ilegal do gabinete de comunicação da Câmara Municipal!”, em que acusa o executivo de tentar “justificar o injustificável, acusando unicamente o passado pelo que se passa no presente da Cidade”.

O comunicado social-democrata destaca a “a falta de manutenção dos equipamentos públicos nos últimos três anos”e refere que a situação ocorrida durante o jogo de futsal Benfica/Sporting “não é algo novo para os nossos atletas que se debatem há vários anos com este problema” no equipamento desportivo que acompanhou “quinze anos de poder socialista segundo dados do Município, o que nos faz compreender a vergonha que o PS tem na obra”.

Obra apontada como um legado que obrigou o antigo executivo social-democrata “a finalizar um pavilhão incompleto, com falta de financiamento e com problemas graves, mal pensado de origem e erradamente projetado”. A permissão da autarquia na realização do derby com conhecimento da “situação em que se encontrava o pavilhão” é apontada como um facto “vergonhoso” para o concelho, sendo o atual executivo caracterizado de “gente obstinada” e com “imaturidade política”.

Independentemente da chuva de acusações sobre as infiltrações do pavilhão desportivo municipal, o Sporting irá defrontar o Ad Modicus Sandim naquele local no próximo dia 11 (15h00), tendo o município salientado que a realização do jogo no Entroncamento se mantém “por opção expressa do Sporting e da Federação”.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here