Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Novembro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Entroncamento | Hidroginástica, natação e yoga chegam à cidade com programa “Viver + Ativo”

O programa de atividade física promovido pelo Município do Entroncamento “Viver + Ativo” vai ter início na terça-feira, dia 2 de novembro, e destina-se à população com idade superior a 54 anos.

- Publicidade -

Aulas de hydrocycle, natação, hidroginástica (em suspensão também), ginástica e yoga. São diversas as atividades físicas promovidas pelo Município do Entroncamento até julho de 2022, todos os dias úteis.

Com o objetivo de promover o bem-estar físico e psicológico, a inclusão social e o relacionamento interpessoal, o programa “Viver + Ativo” destina-se à população com idade superior a 54 anos e implica uma mensalidade que varia entre os 12,00€ e os 6,00€ para os portadores de Cartão Municipal de Idoso, escalão B (seguro de praticante incluído no preço).

- Publicidade -

Explica a autarquia entroncamentense em comunicado que cada participante pode realizar até quatro atividades, o que corresponde a uma frequência semanal de quatro a oito aulas, conforme as classes pretendidas. As aulas vão decorrer no Pavilhão Desportivo Municipal e nas Piscinas Municipais, bem como no Parque Verde do Bonito e zona envolvente.

As atividades decorrem num horário compreendido entre as 09h00 e as 17h15 e as inscrições encontram-se a decorrer, devendo ser efetuadas na sede de um dos seguintes clubes/associações aderentes: ENCOPROF; Núcleo Sportinguista do Entroncamento; CLAC – Clube de Lazer, Aventura e Competição do Entroncamento; AVASOCIAL / BLVE – Associação Voluntariado e Ação Social do Entroncamento / Banco Local de Voluntariado do Entroncamento; União Futebol do Entroncamento; Escola de Karaté do Entroncamento; Centro Recreativo do Casal do Grilo; Associação Nacional de Artes Marciais Mistas e Disciplinadas Associadas.

Cartaz: CME

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome