- Publicidade -

Segunda-feira, Janeiro 24, 2022
- Publicidade -

Entroncamento | Feriado com autores da região em destaque na Feira do Livro

Os escritores Elsa Ribeiro Gonçalves e Jorge M. Fazenda, ambos com livros publicados pela Médio Tejo Edições, vão apresentar os seus novos romances no Centro Cultural do Entroncamento na tarde deste feriado, 1 de dezembro, no âmbito da Feira do Livro que ali decorre até ao próximo domingo.

- Publicidade -

“Novas Singularidades de uma Mulher de 40”, da tomarense Elsa Ribeiro Gonçalves, será apresentado às 15h30. Depois do sucesso de “Singularidades de uma Mulher de 40″, que inspirou leitoras de todas as idades a mudarem a sua vida, esta é a tão aguardada continuação da história de Maria Helena. Hoje já não passa longos e repetitivos turnos a cortar fiambre num supermercado, mas o caminho a desbravar para cumprir os seus sonhos tem ainda alguns obstáculos… Uma vez mais, através dos pensamentos de Maria Helena ouvimos as inquietações de tantas mulheres que, por uma ou outra razão, foram perdendo a sua auto-estima e colocando as necessidades dos outros à frente das suas.

Elsa Ribeiro Gonçalves, que nasceu em Tomar, em 1976, é jornalista, casada e tem uma filha. Em 2016, num período mais conturbado da sua existência, iniciou um processo de introspecção que a levou a procurar dentro de si tudo o que tinha perdido nos meandros do xadrez do socialmente correto, descobrindo a importância do amor próprio. Na sequência do sucesso do seu primeiro livro, criou uma página de Facebook onde partilha com mais de 25 mil seguidoras pensamentos e reflexões, dinamizando também um grupo privado de desenvolvimento pessoal, “Mulheres Singulares”.

- Publicidade -

 

Às 16h45 será a vez de Jorge M. Fazenda conversar com os leitores sobre “A esquina do tempo”, romance vencedor da 3ª edição do Prémio Literário do Médio Tejo (2021). Uma história inesquecível sobre os valores da amizade, da dignidade e da liberdade, que tem como cenário um Portugal pré e pós-revolução.

- Publicidade -

Nascido em Alcântara, em 1948, vive há largos anos em Alcorochel, Torres Novas, onde encontrou com a sua mulher a paz necessária para pintar e escrever, depois de uma vida muito intensa: foi desenhador, topógrafo, fotógrafo, escriturário, vendedor, operador de reator, programador, militar, comissário de bordo, gerente de restauração e autarca.

O júri do Prémio Literário do Médio Tejo considerou o romance de Jorge M. Fazenda “assente numa escrita elegante, limpa e séria, mas com notas de um humor subtil e até um certo tom divertido que, a espaços, rompe com a gravidade da narrativa, reportando-nos para um passado recente que não deixa de ter a atualidade necessária para nos seduzir e com ele fazermos parte de um desenlace desejado”.

No próximo sábado à tarde, 4 de dezembro, estarão também em destaque Sónia Chainho e Martinho Branco, dois autores residentes no Entroncamento e ambos vencedores do Prémio Literário do Médio Tejo, na categoria de Poesia, em 2018/2019 e 2020/2021.

Até 5 de dezembro, em parceria com a “Ao Pé das Letras”, o Centro Cultural do Entroncamento acolhe uma Feira do Livro com a presença de escritores, sessões de cinema e de contos, e vários espetáculos de animação, cujo mote será a magia de Natal.

Com entrada livre, a Feira do Livro pode ser visitada de segunda a sexta-feira e aos domingos das 10h00 às 19h00 e no sábado das 10h00 às 22h00.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome