Entroncamento | Estrada que liga o concelho a Riachos inaugurada após requalificação que reforça “ligação forte” entre comunidades

Foi inaugurada na manhã desta quarta-feira, 4 de novembro, a empreitada de requalificação do Caminho Municipal 1179, no Entroncamento, que liga este concelho ao de Torres Novas pela freguesia de Riachos. Numa breve cerimónia que contou com a presença de autarcas da região, foi sublinhada a importância da requalificação desta estrada na ligação entre as comunidades.

“É uma obra relativamente pequena mas simbólica, era uma aspiração quer das pessoas dos Riachos que vêm para o Entroncamento quer das pessoas do Entroncamento que vão para Riachos e Torres Novas”. Foram estas as primeiras palavras do presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jorge Faria, com os pés assentes no novo asfalto do Caminho Municipal 1179, que liga o concelho do Entroncamento à freguesia de Riachos, em Torres Novas.

Para assinalar a conclusão da empreitada de requalificação desta estrada, o executivo municipal do Entroncamento, o presidente do Município de Torres Novas, bem como os presidentes das Juntas de Freguesia de São João Batista, Nossa Senhora de Fátima e de Riachos percorreram esta manhã de carro a via requalificada no sentido Entroncamento – Riachos. Um momento simbólico onde o destaque vai para a “melhoria substancial” da mobilidade entre as duas comunidades.

PUB

(E-D) José Ferreira (JF Riachos), Pedro Ferreira (CM Torres Novas), Jorge Faria (CM Entroncamento), Rui Maurício (JF São João Baptista) e Ezequiel Estrada (JF Nossa Srª de Fátima). Foto: mediotejo.net

“Esta via estando melhorada para já será mais segura, aumenta claramente a segurança, e torna mais fácil as pessoas deslocarem-se (…) permite a ligação mais fácil e mais segura entre o Entroncamento e Torres Novas”, disse o presidente do Município do Entroncamento, Jorge Faria, que enalteceu a “ligação muito forte entre os Riachos e o Entroncamento”.

Recorde-se que a empreitada de requalificação do CM 1179 consistiu na realização de trabalhos de alargamento e repavimentação. Em comunicado, a autarquia entroncamentense relembra que “o pavimento existente apresentava uma reduzida plataforma rodoviária, com aproximadamente 4,30m de largura, e bastante deteriorada, sobretudo junto às bermas ao longo de todo o percurso, dificultando a circulação de veículos”.

Com esta intervenção, cujo investimento foi de 146.576,66€ e financiada totalmente pelo Município, a via foi melhorada para conferir “um maior conforto e segurança aos utilizadores, tendo agora uma sub-base mais adequada aos perfis de circulação viária da mesma e passando a possuir um perfil com 6,00m de largura em toda a extensão”. Esta obra criou também “melhores condições de drenagem e escoamento de águas da via, assim como novas marcações rodoviárias e nova sinalização vertical”.

Caminho Municipal 1179, no concelho do Entroncamento. Foto: mediotejo.net

Na ocasião, o presidente do Município de Torres Novas, Pedro Ferreira, agradeceu ao presidente do Entroncamento a “ligação muito estreita” que tem sido mantida entre os dois concelhos, destacando que é “a importância desta ligação entre comunidades que faz a força da nossa região e que faz a força do famoso eixo estratégico Torres Novas – Entroncamento”.

Também os presidentes das Juntas de Freguesia de São João Baptista (Entroncamento) e Riachos (Torres Novas) congratularam-se com a requalificação desta estrada.

José Júlio Ferreira, presidente da JF de Riachos referiu que esta estrada “diz muito a Riachos”, admitindo que “de uma certa maneira, o senhor [presidente da Câmara do Entroncamento] já fica também ligado à história de Riachos”. Por sua vez, Rui Maurício, presidente da JF de São João Baptista, mostrou-se “muito satisfeito” e lembrou que “ a grande maioria das pessoas que moram na freguesia de São João Batista sempre que se deslocam do Entroncamento para Torres Novas e vice-versa preferem viajar por aqui por uma razão muito simples: não necessitam de atravessar a cidade do Entroncamento inteira. E com este melhoramento as coisas ficam muito mais fáceis, e até alivia o trânsito no meio da cidade”.

Projeto de ligação da A23 às zonas industriais de Entroncamento e Riachos “em fase final”

Ligação da A23 às zonas industriais de Entroncamento e Riachos. Foto: DR

Nesta ocasião que assinalou a inauguração da empreitada de requalificação da estrada que liga Entroncamento a Riachos, o presidente da Câmara Municipal, Jorge Faria, avançou também que o projeto de ligação das áreas industriais de Riachos e Entroncamento “está nesta fase já final”.

“Os projetos já estão finalmente aprovados e tudo indica que a empreitada será lançada até ao final deste ano”, anunciou o autarca, que alertou no entanto que “o lançamento da empreitada não quer dizer que a obra se consiga iniciar” de imediato. “Seguramente antes do verão [do próximo ano] não se inicia a obra”, elucidou.

Recorde-se que esta empreitada será da responsabilidade da Infraestruturas de Portugal, que comparticipa em 85% este investimento na casa dos sete milhões de euros. O protocolo de ligação das zonas industriais de Riachos e Entroncamento à A23 foi assinado em 2018 (recorde aqui).

Requalificação da EN3 é mais um passo no reforço da ligação entre os dois concelhos

EN3 em Torres novas. Foto: CMTN

Num ambiente em que as obras futuras foram o tema predominante, o presidente do Município de Torres Novas, avançou também que “já está preparada para adjudicação” para a empreitada de requalificação da EN3 entre a Rotunda do Nicho de Riachos e o limite do concelho do Entroncamento, junto ao acesso a Casais Castelos. O autarca deu conta de que já se sabe qual a empresa que vai executar esta obra que chega quase ao milhão de euros. “Se tudo correr bem, dentro de três meses começarão as obras”, disse.

Recorde-se que esta obra irá ligar futuramente os concelhos de Torres Novas e Entroncamento a partir de ciclovia, no âmbito do “Sistema integrado de bicicletas para uso público do Médio Tejo” do Programa Operacional Regional do Centro, com o objetivo de promover deslocações diárias de bicicleta, proporcionar uma cidade amiga da bicicleta, reduzir as emissões de gases de efeito de estufa (CO₂) e melhorar os conflitos relacionados com a circulação automóvel.

A este respeito, o presidente do Município do Entroncamento referiu que o troço da EN3 que passa no seu concelho ainda não está desclassificado formalmente, ao contrário do que acontece em Torres Novas. No entanto, mostrou a vontade de “trabalhar estrategicamente em conjunto” com a autarquia torrejana no sentido de alcançar o objetivo da mobilidade ciclável.

Pedro Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, e Jorge Faria, presidente da Câmara Municipal do Entroncamento. Foto: mediotejo.net

PUB
Ana Rita Cristóvão
Quando era pequena, passava os dias no campo a fazer de conta que apresentava o telejornal. Rumou à capital para se formar em Jornalismo e foi aí que se apaixonou pela rádio. Gosta de abraços e passa horas a ouvir as histórias dos mais antigos. É fã de chocolate, caminhadas sem destino e praias fluviais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).