Entroncamento | Escola abriu portas à solidariedade e quase uma centena entrou

A Escola Secundária do Entroncamento abriu as portas à solidariedade esta quarta-feira, dia 25, para uma recolha de sangue e inscrição para dadores de medula óssea e recebeu cerca de uma centena de voluntários. Entre as pessoas que receberão as dádivas pode estar Maria, a menina de um ano diagnosticada com um tipo raro de leucemia, cujos pais têm apelado por um dador de medula óssea compatível.

PUB

A Escola Secundária do Entroncamento realizou uma das duas recolhas de sangue anuais na passada quarta-feira. As portas abriram-se para a solidariedade numa parceria da direção deste estabelecimento de ensino, a Associação de Dadores de Torres Novas e o Instituto Português do Sangue e da Transplantação e quase uma centena de voluntários entrou.

A iniciativa associou-se aos apelos lançados por Rita Mota e Miguel Rosa, pais da menina de um ano a quem foi recentemente diagnosticada leucemia mielomonocitica juvenil (LMMJ), um tipo raro da doença que pode ser curado através de um transplante de medula óssea. Encontrar um dador compatível é prioritário e durante a manhã de ontem surgiram novas possibilidades com 56 inscrições.

PUB

As doações de sangue superaram as três dezenas e, à semelhança das inscrições de medula óssea, excederam as expetativas das entidades organizadoras do desafio aceite pela população em geral e a comunidade escolar, destacando-se o número elevado de alunos do ensino secundário que se associaram à campanha.

PUB
PUB
Sónia Leitão
Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).