- Publicidade -

Entroncamento | Enchente na reabertura do Núcleo Sportinguista (c/ fotogaleria)

O Núcleo Sportinguista do Entroncamento reabriu as portas esta terça-feira, dia 25, depois de obras de requalificação. O momento simbólico teve a presença de muitos curiosos que quiseram conhecer a sede renovada e chegaram na expetativa de ver Bruno de Carvalho. O presidente do Sporting Clube de Portugal acabou por ser substituído pelo vice-presidente Bruno Mascarenhas, mas isso não estragou a festa leonina.

- Publicidade -

O Núcleo Sportinguista do Entroncamento, fundado a 5 de maio de 1995, adquiriu o edifício da sua sede em 2010 e o tempo impôs a requalificação do espaço situado no número 36 da Rua do Batalhão Sapadores dos Caminhos de Ferro. As obras tiveram início entretanto e as portas reabriram esta terça-feira aos adeptos leoninos e à população em geral.

A sede do Núcelo Sortinguista do Entroncamento. Foto: mediotejo.net

- Publicidade -

A inauguração do espaço renovado contou com a presença de muitos sportinguistas que se juntaram aos dirigentes associativos e chegaram na expetativa de ver o presidente do Sporting Clube de Portugal. Bruno de Carvalho não pode estar presente na inauguração por motivos de saúde, mas o seu nome ficará para sempre associado ao momento pela placa preparada pelo Núcleo Sportinguista.

O descerramento da placa foi feito pelo vice-presidente do clube, Bruno Mascarenhas, que chegou acompanhado pelos jogadores da equipa de andebol Pedro Portela e Pedro Solha e o atleta de hóquei em patins João Pinto. Facto que não estragou a festa leonina à qual se associou o executivo municipal e outros elementos da comitiva que acompanhou pouco antes as comemorações do 25 de Abril no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

O espaço interior foi insuficiente para os adeptos leoninos que marcaram presença. Foto: mediotejo.net

Segundo David Ribeiro, presidente da associação desportiva, uma vez requalificado o piso inferior estão previstas obras no interior do primeiro andar, para as quais os sócios contribuirão financeiramente através de uma quantia simbólica por dia. Sócios esses que mostraram o orgulho “na camisola” durante a inauguração ao som de concertinas e durante o almoço convívio realizado no pavilhão da Coferpor, para o qual todos seguiram a pé.

 

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -