Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Entroncamento | Embarcou-se para a Dixie Land na estação ferroviária (c/ fotogaleria)

Os Xaral’s Dixie embarcaram nos Caminhos do Ferro numa que viagem durou dois dias e os passageiros que pararam na estação ferroviária do Entroncamento fizeram transbordo para a Dixie Land. Os concertos de quarta-feira e quinta-feira, dias 12 e 13, não deixaram quem quer que fosse indiferente e o ritmo do old jazz fez bater os pés de todos os que andavam por ali perto.

- Publicidade -

O início da viagem não estava anunciado no placard do átrio das bilheteiras, mas havia quem soubesse de cor que era às 19h00 pois minutos antes da partida do segundo dia algumas pessoas já se encontravam na entrada para ouvir a atuação da banda de Minde. Junto a elas estavam também os jovens que distribuíram programas da iniciativa que termina no próximo domingo.

Foto: mediotejo.net

- Publicidade -

Pedro Félix, António Carvalho, Duarte Fonseca, Samuel Louro, Gilberto Rosa, Gonçalo Frade, Jaime Alexandre, Nuno Simões e João Faria também estavam presentes e as suas bagagens diferenciavam-se das restantes. Não tinham malas convencionais, mas sim um trompete, um trombone, uma bateria, um banjo, um sousafone, três safofones (um deles barítono e outro sopreano) e um trompete.

O grupo de curiosos foi crescendo, atraídos pela música e a boa disposição dos nove elementos que interagiram com o público ao longo de uma hora. O sol foi o primeiro a perder energia, começando a despedir-se lentamente do concerto integrado no programa dos Caminhos do Ferro, que se percorrem em abril nos concelhos de Abrantes, Entroncamento, Mação, Tomar e Vila Nova da Barquinha.

Foto: mediotejo.net

A iniciativa é o primeiro dos três momentos previstos na rede de itinerância cultural criada pela CIM Médio Tejo. Os restantes concelhos da área de intervenção desta comunidade intermunicipal – Alcanena, Constância, Ferreira do Zêzere, Ourém, Sardoal, Sertã, Torres Novas e Vila de Rei – integram os “Caminhos” em julho (Caminhos da Água) e outubro (Caminhos da Pedra).

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome