Entroncamento | Disponíveis 170 camas para eventuais situações de emergência

Neste pavilhão estão montadas 70 camas. Foto: CM Entroncamento

Apesar de se desejar que não haja necessidade de acionar estes meios, estão disponíveis 170 camas no Município do Entroncamento para fazer face a eventuais situações de emergência, no âmbito do Plano Operacional Municipal – “COVID-19”. Esta é a primeira resposta do Município em termos de alojamento e logística, sendo que há a possibilidade de reforço.

O Pavilhão da Escola EB 2/3 Dr. Ruy d’Andrade conta com uma capacidade instalada de 70 camas, tendo os hotéis da cidade disponibilizado mais 76 camas e o Hospital de S. João Baptista, da Santa Casa da Misericórdia, 24 camas.

A resposta a uma eventual necessidade de alojamento massificado, inclui o acolhimento de utentes e funcionários dos Lares e Unidade de Cuidados Continuados da SCME e da Associação de Lares Ferroviários.

PUB

O Município criou ainda condições de acolhimento para um eventual reforço extraordinário dos operacionais do CDOS e também para os operacionais do Corpo de Bombeiros Voluntários que que possam vir a ter necessidade de permanecer em quarentena ou isolamento, com recurso a instalações do Município e da Freguesia de Nossa Senhora de Fátima.

Explica o Município em nota de imprensa que “a operacionalização desta resposta é o resultado do esforço conjunto entre o Município do Entroncamento as entidades cooperantes da Proteção Civil e em particular, na cedência imediata de quartos, pelo Hotel Gameiro e Hotel D. João, a pronta colaboração do Regimento de Manutenção, que disponibilizou várias camas completas, realizou o transporte e auxiliou na sua montagem, do Corpo de Bombeiros Voluntários, do Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento, das IPSS e das Juntas de Freguesia”.

 

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here