Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Entroncamento com investimento de 750 mil euros em eficiência energética nas piscinas municipais

A Câmara Municipal do Entroncamento homologou por unanimidade o auto de consignação relativo à empreitada de eficiência energética nas Piscinas Municipais. Um investimento superior a 750 mil euros e que tem um prazo de execução de cinco meses.

- Publicidade -

Este é um processo que “tem durado muito tempo” mas que representa uma “intervenção fundamental” e que vê agora avanços, com a consignação feita, disse o presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jorge Faria (PS), em reunião de executivo.

O autarca refere que este investimento, inscrito no orçamento municipal para 2021, recebeu comunicação negativa relativamente ao financiamento por parte de fundos comunitários mas que, mesmo assim, a autarquia decidiu avançar com a obra.

- Publicidade -

“Este processo tem durado muito tempo, sobretudo a candidatura aos fundos comunitários. Já tivemos uma proposta de decisão negativa relativamente ao financiamento. Não obstante essa proposta negativa, decidimos avançar à mesma com as obras, está feita a consignação”, disse, elucidando que as obras “têm cinco meses para ser concluídas”.

Áudio | Presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jorge Faria, em reunião do executivo camarário a 15 de fevereiro:

Por outro lado, o autarca referiu que “já temos uma informação informal que os nossos argumentos terão sido aceites e que a candidatura será apoiada. Sendo apoiada, temos aqui uma janela de oportunidade de aumentar o financiamento, na medida em que esta era uma candidatura com uma percentagem baixa [de financiamento] (…) e a propósito da decisão recente por parte da CCDR (…) de aumentar a comparticipação da despesa para a despesa submetida entre 1 de julho de 2020 e 30 de abril de 2021, com um bocado de sorte podemos ter aqui um financiamento acrescido relativamente àquilo que estava previsto”.

ORÇAMENTO PARA 2021 AUMENTA EM 1,2 MILHÕES

Também a reunião de Câmara veio para deliberação a primeira alteração orçamental modificativa, resultante da integração do saldo de gerência.

O presidente da Câmara Municipal, Jorge Faria, elucida que o saldo de gerência é de 1.248.298,00€, o que faz com que o orçamento da receita seja aumentado para os 24.609.000,00€. Recorde-se que o valor inicial era de 23.361.315,00€.

Com esta revisão, o orçamento municipal fica com 13 milhões de euros para despesa corrente e 11,6 milhões para investimento, disse ainda o autarca.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome