- Publicidade -

Entroncamento | Cidade é oficialmente um jardim até esta quarta-feira (c/ fotogaleria)

A cidade passou a ser oficialmente um jardim na sexta-feira, dia 17, com a abertura do “Entroncamento em Flor”. A sessão de abertura foi animada pelas comunidades júnior e sénior locais e o programa termina esta quarta-feira, dia 22, depois de uma semana com muita animação em vários pontos do concelho, incluindo os restaurantes que aderiram à IV Semana Gastronómica “À Descoberta do Bacalhau”.

- Publicidade -

O Largo José Duarte Coelho acolheu o primeiro momento do “Entroncamento em Flor” durante a sessão de abertura que diversas personalidades, entidades e população acompanharam. Jorge Faria, presidente da autarquia, falou para os presentes e destacou a iniciativa anual em que a cidade se transforma num jardim com o surgimento de flores nas ruas e nas varandas.

O Grupo de Gaitas de Foles da Golegã “Cantar Nosso” marcou o passo ao longo da arruada que levou a comitiva até à Praça Salgueiro Maia, depois das atuações do Rancho Folclórico do CERE, do Grupo de Cavaquinhos da Universidade Sénior do Entroncamento e do Centro de Convívio da Terceira Idade. Até chegarem ao destino surgiram outros encontros, nomeadamente com os temas interpretados pelos utentes dos lares da Santa Casa da Misericórdia e dos Ferroviários.

- Publicidade -

A sessão de abertura realizou-se no Largo José Duarte Coelho. Foto: mediotejo.net

À chegada, aguardavam as crianças que frequentam as Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC), Atividades de Animação e de Apoio à Família (AAAF) e a Encoprof. O primeiro dia terminou com o espetáculo “Voz e Acordeão” no Centro Cultural do Entroncamento e a cidade preparou-se para o fim-de-semana marcado por propostas para todas as idades e gostos.

O sábado começou com o Mercado Alternativo “EntroNature” na Praça Salgueiro Maia e o Museu Nacional Ferroviário recebeu os convidados do seu quarto aniversário, conjugando o programa comemorativo com o Dia Internacional dos Museus, entre as 10h00 e as 21h30. A animação também saiu à rua com o Grupo do Coreto a brindar os transeuntes com música, na altura em que o Centro Cultural se prepara para receber Ana Laíns no FestFado Ribatejo 2019 às 21h30.

Arruada com o Grupo de Gaitas de Foles da Golegã “Cantar Nosso”. Foto: mediotejo.net

Neste local realizaram-se outras atividades durante o fim-de-semana com a galeria a receber a exposição “Per Agrum”, com bonsais de Samuel Antunes, a sala anexa a “II Mostra de Suculentas, Cactos e Bonsai”, de Graça Baptista e Luísa Santos, e o exterior o mercado que junta floristas do concelho e estufas da região. Acrescem a Mostra de Artesanato e Feira de Antiguidades, passeios de charrete no centro da cidade e animação no Largo José Duarte Coelho.

O domingo teve propostas únicas. O Centro Cultural recebeu o grupo musical Os Gringos e público para um “Chá Dançante” a partir das 15h00, e voltou a ter aplausos na plateia, a partir das 18h30, durante o 1º Encontro de Música Tradicional da Universidade Sénior do Entroncamento. A animação regressou ao mesmo palco na segunda-feira com o Encontro de Ranchos Folclóricos organizado pelo CERE.

Dia 20 foi, igualmente, o Dia Municipal do Idoso e a data foi assinalada com um almoço no Pavilhão Desportivo Municipal.

Esta terça-feira, dia 21, o Estúdio 121 recebe uma sessão de cinema, às 15h00, com o filme “Aldeia da Roupa Branca”. O Entroncamento em Flor despede-se no Centro Cultural na quarta-feira, dia 22, com uma palestra sobre “Solidão e Benefícios do Exercício Físico”, pelas 14h30, e uma sessão de yoga e meditação sénior, a partir das 15h00.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).