Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Entroncamento | Cerimónias oficiais marcaram 71º aniversário do concelho

O 71º aniversário da elevação do Entroncamento a concelho foi assinalado na manhã desta quinta-feira, dia 24, com uma cerimónia solene e a inauguração de duas exposições. O programa comemorativo teve início no passado dia 20 e termina na próxima segunda-feira.

- Publicidade -

O concelho do Entroncamento comemorou o seu aniversário 71º aniversário esta quinta-feira, tendo o município assinalado a data com uma cerimónia solene e a inauguração de duas exposições temáticas, uma dedicada ao município na década de 1955-1965 e outra aos 125 anos do jornal Correio do Ribatejo.

Fotos: mediotejo.net
A sessão solene incluiu o hastear das bandeiras, música de Ricardo Oliveira e homenagem a funcionários municipais. Fotos: mediotejo.net

- Publicidade -

A cerimónia solene teve início no exterior dos Paços do Concelho com o Hino Nacional e o hastear das bandeiras, tendo a comitiva seguido para o Salão Nobre, onde foram recebidos com uma atuação do músico Ricardo Oliveira. Entre os presentes, que encheram a sala, estiveram munícipes, representantes de diversas entidades do município e da região e ex-autarcas, com destaque para José Pereira da Cunha, de 84 anos, presidente do executivo municipal durante quatro mandatos.

O momento musical deu lugar aos momentos protocolares que integraram uma homenagem a cinco funcionários municipais que completaram 25 anos de serviço em 2016 e os discursos de João Lérias e Jorge Faria, presidentes da Assembleia e Câmara municipais, respetivamente. Ambos destacaram esforços e projetos que contribuíram e contribuirão para o desenvolvimento de diversas áreas, nomeadamente o urbanismo, a educação, a cultura e a saúde.

Fotos: mediotejo.net
João Lérias e Jorge Faria discursaram para uma sala cheia, onde estava José Pereira da Cunha. Fotos: mediotejo.net

Os discursos ficaram, igualmente, marcados pela referência a aspetos considerados pelos intervenientes como negativos na história recente do Entroncamento. Jorge Faria criticou duramente o antigo executivo e João Lérias apontou os efeitos negativos do estacionamento taxado à superfície e a falta de ligação entre a população e a cidade.

Entre a homenagem aos funcionários municipais e os discursos de Jorge Faria e João Lérias foi apresentado o novo vídeo institucional que apresenta o concelho nas vertentes militar, empresarial, histórica, ferroviária, educacional, desportiva, religiosa, e associativa sob o lema adotado pelo atual executivo “Entroncamento, uma cidade para as pessoas”.

Fotos: mediotejo.net
Inauguração da exposição “Entroncamento 1955-1965”. Fotos: mediotejo.net

Uma vez terminada a cerimónia com nova atuação de Ricardo Oliveira, procedeu-se à inauguração da exposição documental “Entroncamento 1955-1965” na Galeria Municipal dedicada ao concelho no tempo em que José Duarte Coelho (1947-59), Manuel Pedroso Gonçalves (1960-61) e Eugénio Dias Poitout (1962-74) foram os seus presidentes. A mostra inclui diversos artigos e documentos e fica patente ao público até ao dia 7 de dezembro.

A segunda inauguração da manhã decorreu na Junta de Freguesia de S João Baptista, que recebe até 8 de dezembro a exposição comemorativa dos 125 anos do jornal Correio do Ribatejo. O momento ficou marcado pelas intervenções de Paulo Narciso e Filipe Mendes, dois atuais responsáveis pelo meio de comunicação social fundado por João Arruda em 1891.

Fotos: mediotejo.net
Inauguração da exposição “Correio do Ribatejo – 125 anos”. Fotos: mediotejo.net

As comemorações do 71º aniversário da elevação do Entroncamento a concelho continuam no dia 25, sexta-feira, com o concerto do grupo “Musicando a Quatro” no Centro Cultural, a partir das 21h30. O Pavilhão Desportivo Municipal recebe o Concerto de Natal do Ruca partir das 16h00 de sábado, na mesma tarde em que se realiza o XXX Festival de Coros na Igreja da Sagrada Família, às 18h00. O programa prolonga-se até dia 28, data em que termina a Expo-Aves, a decorrer no Pavilhão da Coferpor desde o passado dia 20.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here