Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Maio 8, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Entroncamento | Câmara com quase 5 milhões de euros de empreitadas em curso (c/ áudio)

Na sessão da Assembleia Municipal do Entroncamento realizada no dia 30 de abril, no Cineteatro S. João, a primeira reunião presencial desde há vários meses, o Presidente da Câmara fez o ponto da situação das várias obras que decorrem nesta altura da cidade.

- Publicidade -

Jorge Faria (PS) começou por dizer que o volume de obras em curso representa um investimento a rondar os 5 milhões de euros.

De seguida elencou as empreitadas que estão a decorrer, fazendo o ponto de situação de cada uma delas. A recuperação do Bairro Camões está concluída e a da Escola das Tílias deverá estar terminada “muito em breve”.

- Publicidade -

No Parque Empresarial, onde está a ser investido 1 milhão e 620 mil euros, “há a possibilidade de a obra estar concluída em junho ou julho”. Nesta altura já foram executados cerca de 2/3 da faturação da obra.

A “andar relativamente bem” está a reabilitação da ARU3, no Bairro Frederico Ulrich, refere o autarca a propósito deste investimento, na ordem dos 970 mil euros, que “está a mudar aquela face da cidade”.

A empreitada na Rua Ferreira de Mesquita só não está concluída porque há “uma guerra entre operadores de telecomunicações e a EDP”, revelou o Presidente da Câmara. É que não há entendimento sobre a responsabilidade de um problema que surgiu nas tubagens subterrâneas.

ÁUDIO | JORGE FARIA, PRESIDENTE DA CÂMARA DO ENTRONCAMENTO

A meio está a empreitada de diminuição de perdas de água no sistema distribuidor do Concelho do Entroncamento, no valor de 1 milhão e 400 mil euros. Em breve vão iniciar-se mais frentes de trabalho na freguesia de S. João Baptista, bem como algumas pavimentações.

Construção de ramais de ligação, empreitada de Eficiência Energética nas Piscinas Municipais e regularização e pavimentação de vários troços de estradas são outras obras referidas pelo autarca.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome