Entroncamento | Câmara atribui mais de 127 mil euros a coletividades

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento está no topo dos apoios municipais, recebendo este ano cerca de 30.000 euros. Foto: mediotejo.net

São 27 as coletividades de cariz social, desportivo e cultural do Entroncamento contempladas com apoios da Câmara Municipal este ano 2020 com uma verba global que ascende a 127 mil euros. A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento está no topo dos apoios municipais, com cerca de 30.000 euros, seguido do CLAC, CADE e UFE, com cerca de 15 mil euros cada.

PUB

A proposta de apoios a coletividades, que não difere muito da do ano passado, foi aprovada por unanimidade na reunião do Executivo Camarário realizada no dia 18, por videoconferência.

Conforme lembrou o presidente Jorge Faria (PS), “cabe à câmara municipal deliberar sobre a concessão de apoios financeiros ou de qualquer outra natureza a instituições legalmente constituídas tendo por objeto o desenvolvimento de atividades culturais, recreativas e desportivas”.

PUB

Na reunião, o vereador José Miguel Baptista (PSD) defendeu que os valores dos apoios deviam ser atualizados tendo em conta que o orçamento da Câmara já não tem as limitações do PAEL – Programa de Apoio à Economia Local.

Ao mesmo tempo questionou o porquê da redução das verbas atribuídas a algumas coletividades como os Escuteiros, Parafuso, União Futebol e Conferência de S. João Baptista. O eleito do PSD defendeu ainda um aumento da verba atribuída ao Entroncamento Atlético Clube, que, na sua opinião, se devia equiparar ao CADE, ao União Futebol, entre outros.

PUB

Apoios a coletividades (2020)

Assoc. Hum. dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento – 30.000 euros

Associação Filarmónica e Cultural – 4.800 euros

Orfeão do Entroncamento – 1.776 euros

Entroncartes – Associação Artística – 200 euros

Assoc. Concordia Música – 450 euros

Academia Cultural e Recreativa Dança Entroncamento – 1.644 euros

Casa do Benfica – 3.540 euros

Centro Recreativo do Casal do Grilo – 3.000 euros

Clube Amador de Desportos do Entroncamento – 15.300 euros

Clube de Lazer Aventura e Competição – 15.300 euros

Corpo Nacional de Escutas – Agrup. 542 – 1.680 euros

Grupo Recreativo 1º de Outubro 1911 (“O Parafuso”) – 2.760 euros

Núcleo Sportinguista – 840 euros

União Futebol do Entroncamento – 14.400 euros

Entroncamento Atlético Clube – 4.200 euros

Núcleo de Andebol do Entroncamento – 1.200 euros

Clube Amador de Pesca do Entroncamento – 1.055 euros

Assoc. de Modelismo “Os Pikuinhas” – 400 euros

Assoc. EKE – Escola de Karate do Entroncamento – 200 euros

Assoc. Kempo Chinês KOA – 200 euros

Clube Ornitófilo Ribatejano – 400 euros

ENCOPROF – 3.540 euros

Associação Voluntariado e Ação Social do Entroncamento – 720 euros

Conferência de S. Vicente Paulo da Paróquia de N. Srª. Fátima – 5.760 euros

Fáb. da Igreja Paroq. da Sagr. Fam. do Entronc. – Caritas – 5.760 euros

Conferência S. João Batista – Paróquia da Sagrada Família – 500 euros

Liga dos Combatentes – núcleo regional Entroncamento – 500 euros

Centro de Ensino e Recuperação do Entroncamento (CERE) – 7.200 euros

Total – 127.325 euros

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here