Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Entroncamento | Câmara apoia Bombeiros com 7500 euros para aquisição de viatura

A Câmara Municipal do Entroncamento aprovou por unanimidade um pedido de apoio da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento para a aquisição de uma viatura de transporte de passageiros. No pedido endereçado à autarquia é referida uma “mudança de paradigma” por parte da nova direção da AHBVE, que pretende substituir o material circulante por viaturas novas e ligeiras. A Associação vai ainda doar duas ambulâncias ao Município dos Mosteiros, em Cabo Verde, num protocolo celebrado no âmbito da geminação com o Município do Entroncamento.

- Publicidade -

O pedido de apoio da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários chegou à Câmara Municipal do Entroncamento, acompanhado de “um relato de dificuldades que estavam a ter com o seu parque de viaturas e também com a intenção de adquirirem duas novas viaturas para transporte de passageiros com características de carros ligeiros”, conforme deu conta o presidente do Município, Jorge Faria.

Perante a existência de viaturas com necessidades de reparação que “não é economicamente rentável”, a direção da AHBVE admite uma “mudança e paradigma” assente em adquirir viaturas “novas e mais ligeiras”.

- Publicidade -

Das duas viaturas já adquiridas, uma foi financiada em conjunto pelas Juntas de Freguesia de São João Baptista e Nossa Senhora de Fátima, sendo que a segunda viatura conta agora com um apoio de 7500€ por parte da autarquia (metade do valor total do veículo), aprovado por unanimidade em reunião de Câmara a 15 de março, numa votação na qual se ausentou o vereador do Bloco de Esquerda, Henrique Leal, por pertencer à mesa da Assembleia Geral da AHBVE, e na qual também não votou o vereador Carlos Amaro, que não marcou presença na reunião.

O presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jorge Faria, sublinhou em reunião camarária que esta decisão de apoiar a Associação Humanitária dos Bombeiros é tomada “independentemente de quem sejam os dirigentes da associação” – recorde-se que o novo presidente da direção da AHBVE é Carlos Amaro, também vereador do executivo socialista na Câmara Municipal – relembrando ainda que no passado e em anteriores direções “sempre temos atribuído alguns apoios pontuais para a renovação do material circulante dos bombeiros”.

Com os votos favoráveis da bancada do PSD relativamente ao apoio a atribuir à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento, o vereador José Miguel Baptista alertou para a necessidade de analisar o enquadramento que a pandemia veio trazer ao nível da quebra de receitas da associação, uma vez que “a situação pandémica veio diminuir significativamente o número de consultas e isso representa menos saídas para transportar doentes não urgentes”.

Bombeiros oferecem ambulâncias ao Município dos Mosteiros, em Cabo Verde

A Câmara Municipal do Entroncamento aprovou também, por unanimidade, a proposta de um protocolo a celebrar entre o Município, a Associação Humanitária dos Bombeiros e o Município dos Mosteiros (na Ilha do Fogo, em Cabo Verde), com o propósito de doar a este último duas ambulâncias.

Ambulâncias que a AHBVE e o Município do Entroncamento vão oferecer ao Município de Mosteiros. Foto: CME

Esta iniciativa, inserida no âmbito da geminação entre os Municípios do Entroncamento e dos Mosteiros, prevê oferecer estas viaturas dos bombeiros entroncamentenses que, apesar de estarem em bom estado de conservação e operacionais, “não cumprem as exigências que, neste momento, em Portugal teriam que cumprir”.

“Não podem circular em Portugal como ambulâncias e a renovação dessas ambulâncias para cumprir essas regras seria muito onerosa e, em conversa com os Bombeiros, decidimos fazer uma operação conjunta”, explicou o presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jorge Faria, que explanou que se chegou assim à ideia de doar as viaturas ao Município dos Mosteiros que atualmente “não têm nenhuma ambulância ativa” mas somente “têm um carro com poucas condições”.

No protocolo, é definido que os Bombeiros são encarregues da doação das viaturas, enquanto o Município do Entroncamento assume os custos com pequenas reparações às ambulâncias, num valor até 2.755,00€, bem como os custos de transporte para a Ilha do Fogo, em Cabo Verde. Custos que, no total, rondarão os 6.000,00€, estima Jorge Faria, que acrescenta que dentro dos veículos será ainda enviado material diverso por parte da autarquia e dos Bombeiros, como fatos de proteção, material cirúrgico, máscaras e macas.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome