Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Setembro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Entroncamento | Assembleia aprova protocolo para escola universitária no concelho (c/áudio)

A Assembleia Municipal do Entroncamento aprovou por unanimidade a minuta do protocolo de colaboração tripartido a celebrar entre o Município, a Cooptécnica Gustave Eiffel e a Cotinelli Telmo – Cooperativa de Ensino Superior e Investigação Científica, CRL com vista ao desenvolvimento de cursos superiores no Entroncamento.

- Publicidade -

Recorde-se que em janeiro deste ano, a autarquia entroncamentense havia já aprovado a adesão do Município à cooperativa Cottinelli Telmo, com o intuito de trazer de volta o ensino superior para o concelho.

Aprovado por unanimidade em reunião de Câmara e também em Assembleia Municipal, a minuta deste protocolo estabelece os princípios orientadores da cooperação mútua entre o Município, a Cooptécnica Gustave Eiffel e a Cotinelli Telmo – Cooperativa de Ensino Superior e Investigação Científica, CRL e pretende dar mais um passo em frente na concretização de uma escola universitária.

- Publicidade -

O foco deste ensino serão as áreas da engenharia dos transportes e eletrotécnica, pretendendo-se também a criação de um cluster tecnológico e de inovação nas áreas do transporte ferroviário e logística. Este projeto, a ser levado a cabo pela cooperativa Cottinelli Telmo, envolve parcerias com diversas entidades, entre as quais o ISEC Lisboa.

Em Assembleia Municipal, o deputado Manuel Martins (PS), sublinhou o papel da Câmara Municipal enquanto dinamizador, “identificando as necessidades de formação na região, participando na divulgação da oferta formativa e através também da atribuição de bolsas de estudo e apoio aos melhores alunos”.

ÁUDIO | Deputado Manuel Martins (PS) em Assembleia Municipal

Já Carlos Matias (BE), manifestou a sua concordância com o respetivo protocolo, afirmando que “daqui poderão surgir oportunidades de valorização de jovens na nossa cidade”, nomeadamente com o ensino a incidir em áreas ligadas à ferrovia.

ÁUDIO | Deputado Carlos Matias (BE) em Assembleia Municipal

Por sua vez, o PSD considerou esta uma proposta “ambiciosa e corajosa”, e expôs algumas preocupações.

ÁUDIO | Deputado Manuel Faria (PSD) em Assembleia Municipal

A reação que remou contra a maré foi a de António Ferreira (CDU), que referiu que um projeto desta dimensão teria de ter parcerias com institutos com “provas dadas”.

“Não me parece que esta aposta tenha a qualidade necessária”, disse, defendendo que se anda “a correr atrás de um prejuízo que foi o encerramento do Instituto Superior de Transportes e Comunicações, no Entroncamento”.

ÁUDIO | Deputado António Ferreira (CDU) em Assembleia Municipal

Não obstante, o deputado votou favoravelmente a minuta de protocolo de cooperação, que recebeu luz verde por parte de todos os eleitos.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome