Entroncamento | Alunos da Escola Es-Passo de Dança premiados pela American Academy of Ballet

Os premiados da Escola Es-Passo de Dança nos Performance Awards, da American Academy of Ballet. Foto: Escola Es-Passo de Dança

A Escola Es-Passo de Dança estreou-se nos Performance Awards, da American Academy of Ballet, a ganhar. O evento realizou-se nos dias 11 e 12 de janeiro no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, e os alunos do Entroncamento foram distinguidos com medalhas e bolsas de estudo para o Summer School of Excellence, em Nova Iorque. Um reconhecimento internacional que a professora Susana Valério encara com “grande orgulho”.

PUB

Os alunos da Escola Es-Passo de Dança conquistaram o reconhecimento da professora jurada norte-americana Gina Chiavelli este sábado, durante os Performance Awards, da American Academy of Ballet (AAB) – Portugal. O evento promovido pelo Conservatório de Música de Santarém teve lugar no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, nos dias 11 e 12 e integra o programa de dança criado pela bailarina Mignon Furmann, fundadora da AAB.

O mérito dos alunos de ballet das escolas associadas da AAB é distinguido com a atribuição de Prémios de Desempenho através de medalhas de ouro (simples ou com distinção), prata (simples, com distinção ou dupla distinção) e bronze (simples, com distinção ou dupla distinção). No caso da Escola Es-Passo de Dança foram conquistadas 40 medalhas (16 de prata com distinção, 10 de prata com dupla distinção, 13 de ouro e uma de ouro com distinção).

PUB

Além destas, 10 alunos receberam bolsas de estudo para o Summer School of Excellence 2019, que decorre em Nova Iorque entre os meses de junho e agosto, na Adelphi University (Garden City) e no Sarah Lawrence College (Bronxville). Um feito que apenas alguns bailarinos conseguem pois para participar no curso de verão da AAB é necessário conquistar medalhas de grau ouro ou passar nas audições.

Uma das aulas de ballet na Escola Es-Passo de Dança. Foto: Escola Es-Passo de Dança

A participação no Summer School of Excellence 2019 inclui frequentar aulas e assistir a espetáculos com artistas de renome e representa uma estreia na formação internacional dos alunos da escola de dança fundada no Entroncamento em 2000. As bolsas de estudo asseguram 20% das despesas, estando incluídos a alimentação, o alojamento e as aulas. De fora ficam encargos como as viagens, que terão de ser assegurados pelas famílias ou por outros meios.

PUB

As distinções, na sua globalidade, encheram Susana Valério de “grande orgulho”. Contactada pelo mediotejo.net, a professora de dança clássica e contemporânea, partilhou a vontade que tinha de ensinar este programa aos seus alunos para além dos cursos que vão tendo oportunidade de realizar em Portugal e na própria escola. Nas suas palavras “a minha obrigação, enquanto professora, é dar-lhes [aos alunos] o máximo que conseguir”.

O reconhecimento obtido no sábado pelo trabalho desenvolvido neste âmbito reforça o desejo contínuo de “fazer sempre mais”. A preparação incluiu ensaios semanais desde o passado mês de outubro, tendo por base o material audiovisual enviado pela AAB. Ao todo, participaram 39 bailarinas e um bailarino com idades entre os 6 e os 16 anos, juntamente com uma aluna de 25.

Os alunos têm subido aos palcos dentro e fora do concelho do Entroncamento. Foto: Escola Es-Passo de Dança

Os 41 alunos participaram nos primeiros dez níveis dos 12 que formam o programa, integrados em seis categorias (Pré-Nível 1, Pré-Júnior, Júnior, Pré-Sénior, Sénior e Graduado). Apesar de 14 terem recebido medalhas de grau ouro, apenas 10 vão viajar até Nova Iorque pois 4 não têm as idades exigidas. Por seu lado, o orgulho de Susana Valério, não tem limites quando esta refere que “todos deram tudo o que tinham no palco”.

A professora nascida em Torres Novas e formada em Dança, no ramo de Educação, pela Escola Superior de Dança de Lisboa acrescenta que este sentimento se estende às atuações que fazem dentro e fora do concelho. Os ensaios não pararam durante a preparação para os Performance Awards a próxima performance tem vindo a ganhar forma nos últimos tempos.

A estreia do espetáculo “Hemisfério”, no Centro Cultural do Entroncamento, está marcada para o próximo dia 9 de fevereiro e, certamente, outras virão. Não falamos apenas de propostas de dança clássica pois os cerca de 80 alunos que, neste momento, frequentam a Escola Es-Passo de Dança na Rua Fernando Pessoa têm aulas de ballet (crianças e adultos), dança contemporânea e hip hop.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here