Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 31, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

EmpreenderJovem: Peddy-Paper empreendedor com muito sol na FNA (c/vídeo)

Depois do EmpreEscola e do EmpreCriança, restava a atividade de empreendedorismo destinada ao 2º e 3º ciclos das escolas da região de Santarém. Face ao elevado número de alunos (cerca de 600), a organização da NERSANT – Associação Empresarial da região de Santarém optou por criar um peddy-paper com questões sobre empreendedorismo, que percorreu a Feira Nacional da Agricultura (FNA) durante a tarde de 8 de junho, quarta-feira. Um momento animado, com muito calor e muita sede pelo caminho.

Feira Nacional da Agricultura, junho, 15 horas! O certame aguarda a chegada do Primeiro Ministro, António Costa, enquanto que dezenas de grupos de crianças, de cerca de 30 escolas do distrito, percorrem diversas bancas num peddy-paper que pretende testar os seus conhecimentos sobre empreendedorismo. Escrever um slogan, um jogo de contas para pensar financiamento, palavras cruzadas, um jogo do saco para fitar a concorrência. Seis paragens até ao momento final, em que se receberam um certificado pela participação no Empreender Jovem.

“Eu penso que eles gostam muito”, comentou a respeito da iniciativa do coordenador do projeto, Diogo Palha, “nota-se que aprenderam as coisas”. “Este ano fizemos uma mudança neste projeto que foi termos uma maior participação em termos de capacitação de formadores externos”, o que se traduziu nos professores que acompanharam os alunos e que também se divertiram com a iniciativa. A ideia apenas sofreu com o muito calor, que fez desaparecer águas e refrescos em todas as paragens do peddy-paper.

Mas será que os jovens dos 10 anos 14 anos já sabem o que é ser empreendedor? Filipa Fernades, 10 anos, sintetiza:”é fazermos o nosso próprio negócio”! Já o professor Carlos Ribeiro, do agrupamento de escolas de Marinhais do Sal (Rio Maior), achou a ideia “interessante” e “mais uma forma de pensar esta temática”. Em muitos jovens já se notam as ideias criativas e por certo serão futuros empreendedores que criarão o seu próprio negócio.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome