EMEF contrata 85 trabalhadores para oficinas em Guifões e Entroncamento

O PCP esteve hoje na EMEF, Entroncamento. Foto: mediotejo.net

A Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF) está a contratar 85 trabalhadores qualificados para as oficinas em Guifões e no Entroncamento, depois do Governo anterior ter anulado o processo de venda da empresa pública.

PUB

Em comunicado, a empresa explica que o processo de recrutamento de operários eletromecânicos, serralheiros mecânicos, soldadores, entre outros profissionais especializados decorre ao longo do mês.

“Estas contratações visam reforçar os recursos humanos especializados da EMEF face aos desafios colocados pelos novos projetos que irão arrancar em 2016”, explica a empresa, referindo a remodelação dos comboios Alfa Pendular da CP – Comboios de Portugal e a revisão geral de 35 veículos Eurotram da Metro do Porto.

PUB

A contratação de trabalhadores da empresa do setor empresarial do Estado foi autorizada pela tutela e far-se-á através de contratos a termo.

Em julho, o Governo liderado por Passos Coelho decidiu não aceitar a proposta apresentada pela Alstom à compra da EMEF, desistindo assim da intenção de privatizar esta empresa do grupo CP – Comboios de Portugal.

PUB

O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, explicou então que a decisão de não avançar com a privatização da empresa teve em conta “os riscos associados ao prosseguimento desta operação e mostra que não há nenhuma obsessão do governo em relação às privatizações”.

O governante referia-se à queixa da Bombardier à Comissão Europeia, alegando que a EMEF recebeu ajudas estatais de 90 milhões de euros.

Na passada segunda-feira, o Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário promoveu uma concentração para exigir medidas que apostem na EMEF para ganhar um novo peso no setor.

 

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here