Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Maio 14, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Editorial | Quatro anos de notícias

Não gostamos de frases feitas mas, neste caso, não nos ocorrem expressões mais adequadas. “O tempo voa” e “parece mesmo que foi ontem” que este jornal começou a ser publicado. Passaram quatro anos e, desde o dia 27 de setembro de 2015, nunca mais houve um dia sem notícias do Médio Tejo. Publicámos já mais de 30 mil notícias e, de domingo a domingo, de manhã, à tarde ou à noite, sempre que a atualidade o justifica, os nossos jornalistas entram em serviço – ao serviço do público. É essa a linha que nos guia desde o primeiro dia: ser uma fonte de informação fidedigna, na qual os leitores possam confiar.

- Publicidade -

Quando nascemos, dizíamos que o mediotejo.net tinha sido criado para um público exigente, que quer estar informado sobre o que se passa à sua volta. E assim tem sido. O nosso site cresce todos os dias, tendo superado a barreira dos 16 milhões de visualizações, mantendo atualmente uma média de um milhão e meio de visualizações e 250 mil leitores fixos por mês, além das 600 mil pessoas alcançadas todas as semanas no Facebook, a que se somam os seguidores no nosso Twitter, YouTube e Instagram.


Este é o único meio de comunicação social que publica diariamente informação dos 13 concelhos da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, cobrindo de forma equitativa a atualidade local, nas áreas da Política, Economia, Sociedade, Desporto e Cultura.

- Publicidade -

Respondendo a solicitações de inúmeros leitores, em 2017 começou a ser alargada a cobertura noticiosa a concelhos vizinhos, como Gavião, Ponte de Sor, Chamusca ou Golegã.

Combinamos a experiência e a credibilidade de uma equipa de jornalistas profissionais da região com a versatilidade de uma publicação digital, atualizada ao minuto. Apostamos na diferença e na inovação, combinando textos, fotografias, audio e vídeo, envolvendo a comunidade através das redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram e YouTube) e fidelizando também a sua relação connosco através de formatos inovadores, como os liveblogs das reuniões camarárias, as newsletter distribuídas por e-mail ou os alertas de notícias de última hora, subscritos já por alguns milhares de leitores fiéis.

Temos vindo a marcar também a agenda das comunidades onde nos inserimos, quer pelas reportagens e investigações que revelamos, quer pelas iniciativas que promovemos, como foi o caso, em 2017, dos debates que realizámos entre todos os candidatos às eleições autárquicas: de todos os partidos, em todos os concelhos, em locais públicos (e cheios de público). Esses debates foram também vistos por centenas de milhares de pessoas, em direto, através do canal vídeo do nosso site. Nalguns locais tratou-se do primeiro debate político realizado em 45 anos de democracia.

Hoje mesmo, estaremos a moderar o único debate que se irá realizar no distrito de Santarém, com os cabeças de lista dos partidos que se candidatam pelo distrito às eleições legislativas do próximo dia 6 de outubro.

Somos, cada vez mais, o jornal que anda no bolso de toda a gente. Desde o início, a maioria dos leitores segue-nos no telemóvel (65%), apesar de se manter a importância do desktop (computadores pessoais ou de trabalho, com 30%) e haver um crescimento sustentado nos tablets (>5%). Além dos 250 mil habitantes desta região, estamos a chegar a dezenas de milhares de pessoas em Lisboa e também noutras cidades da Europa, África e América Latina, onde se concentram as maiores comunidades emigrantes.

Sendo um jornal de acesso gratuito, a única fonte de financiamento do mediotejo.net é a publicidade. Também por isso valorizamos muito os nossos parceiros comerciais, na certeza de que, através das nossas páginas, obtêm um canal de acesso privilegiado aos clientes que podem fazer a diferença nos seus negócios. A nossa publicidade é também interativa, permitindo a compra imediata ou o redirecionamento do leitor para o site do anunciante.

Ainda temos muito caminho pela frente e continuamos a encarar cada dia como um novo desafio, de forma a prestar o melhor serviço possível aos nossos leitores. “Temos em nós todos os sonhos do mundo”… e muita vontade de inventar novas-frases-feitas que possam traduzir fielmente as coisas boas que queremos concretizar.

Sou diretora do jornal mediotejo.net e da revista Ponto, e diretora editorial da Médio Tejo Edições / Origami Livros. Sou jornalista profissional desde 1995 e tenho a felicidade de ter corrido mundo a fazer o que mais gosto, testemunhando momentos cruciais da história mundial. Fui grande-repórter da revista Visão e algumas da reportagens que escrevi foram premiadas a nível nacional e internacional. Mas a maior recompensa desta profissão será sempre a promessa contida em cada texto: a possibilidade de questionar, inquietar, surpreender, emocionar e, quem sabe, fazer a diferença. Cresci no Tramagal, terra onde aprendi as primeiras letras e os valores da fraternidade e da liberdade. Mantenho-me apaixonada pelo processo de descoberta, investigação e escrita de uma boa história. Gosto de plantar árvores e flores, sou mãe a dobrar e escrevi quatro livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome