Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Quarta-feira, Setembro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Economia | Lucro da Altri sobe 384,8% para cerca de 44,8 ME no 1.º semestre

As unidades de produção de pasta de papel da Altri – Celbi, Celtejo e Caima – bateram recordes de produção no primeiro semestre deste ano.

A Altri reportou hoje lucros de cerca de 44,8 milhões de euros no primeiro semestre, o que representa uma subida de 384,8% face aos 9,3 milhões registados no mesmo semestre do ano passado.

- Publicidade -

“O resultado líquido consolidado atingiu cerca de 44,8 milhões de euros, uma variação de 384,8% face ao resultado líquido apresentado no semestre homólogo do ano passado, quando registou 9,3 milhões de euros”, informou hoje o grupo de produção renovável de pasta para papel e produção de energia renovável a partir de biomassa, numa comunicação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Nos primeiros seis meses do ano, as receitas totais da Altri cresceram 17,9% e atingiram 387 milhões de euros, comparativamente aos 328 milhões registados um ano antes.

- Publicidade -

Na atividade industrial, as vendas atingiram 345 milhões de euros, das quais 87% ou 266 milhões de euros foram realizadas no mercado externo, sendo que a produção de energia contribuiu com 42 milhões de euros.

Já os custos totais operacionais situaram-se em 278 milhões de euros, correspondendo a um aumento de 4,9% face ao trimestre homólogo de 2020.

Como resultado, o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização consolidado) aumentou 72,8%, para 109 milhões de euros.

O EBITDA no segmento das unidades de produção de pasta cresceu para 97,9 milhões de euros, beneficiando da evolução dos preços nos mercados internacionais.

A GreenVolt, empresa de energias renováveis do grupo, recém-chegada à bolsa de valores, registou um EBITDA de 10,6 milhões de euros, incluindo os custos não recorrentes da aquisição da Tilbury Green Power, no valor de 3,3 milhões de euros, valor que compara com os 15,7 milhões registados um ano antes, explicado pela paragem programada de três das suas unidades.

A dívida nominal líquida da Altri no final de junho ascendia a 711,1 milhões de euros, incluindo a aquisição da Tilbury. Se excluída esta aquisição, o valor da dívida líquida seria de 474,4 milhões de euros.

Em termos de resultados operacionais, no primeiro semestre as unidades de produção de pasta da Altri – Celbi, Celtejo e Caima – produziram um “valor recorde absoluto de 571.000 toneladas, superior ao registado nos primeiros seis meses de 2020, quando a produção atingiu 552.000 toneladas”.

Em termos de vendas, a Altri colocou no mercado 595.000 toneladas, um valor superior às 570.000 toneladas vendidas no período homólogo, sendo que os mercados externos absorveram 515.000 toneladas, um crescimento face às 494.000 toneladas exportadas no mesmo semestre do ano passado.

A produção de energia elétrica através de biomassa florestal, assegurada pela GreenVolt atingiu, no semestre em análise, cerca de 352 gigawatt-hora (GWh), representando uma descida de 2,1% face ao período homólogo, que se explica pela paragem programada das centrais de Constância, Figueira da Foz e de Vila Velha de Ródão.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome