Economia | Distrito de Santarém retoma ritmo de criação de novas empresas

Os concelhos onde surgiram mais novas empresas em julho foram os de Ourém (16), Santarém (14), Benavente e Coruche (oito em cada), sendo que Chamusca, Ferreira do Zêzere e Sardoal não registaram qualquer nova sociedade. Foto: DR

Noventa e uma empresas foram criadas no distrito de Santarém em julho, um número similar ao registado no mesmo mês de 2019, o que acontece pelo segundo mês consecutivo, segundo uma nota da Associação Empresarial da Região de Santarém.

PUB

“Após o período de confinamento fruto da pandemia covid-19, que abalou seriamente a criação de empresas no distrito de Santarém, em especial nos meses de março, abril e maio, verifica-se, em julho, uma tendência de recuperação”, com 91 sociedades criadas, menos uma do que em julho de 2019, tendência já sentida em junho, mês em que foram criadas mais cinco empresas que em junho do ano passado, lê-se na nota da Nersant.

Os concelhos onde surgiram mais novas empresas foram os de Ourém (16), Santarém (14), Benavente e Coruche (oito em cada), sendo que Chamusca, Ferreira do Zêzere e Sardoal não registaram qualquer nova sociedade.

PUB

Por setores de atividade, destacam-se o comércio a retalho (11), a construção de edifícios residenciais e não residenciais (cinco), restaurantes (cinco), compra e venda de bens imobiliários (cinco). A maioria dos promotores foram homens (64 empresas), tendo apenas 27 novos negócios (30%) sido criados por mulheres.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here