Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Julho 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Duarte Marques eleito para o Conselho da Europa

O Deputado Duarte Marques, natural de Mação, no Médio Tejo, e eleito nas listas do PSD pelo círculo de Santarém, é um dos novos representantes portugueses na Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, com sede em Estrasburgo.

- Publicidade -

DUARTE3A Assembleia da República elegeu os seus representantes para as diversas organizações internacionais onde se faz representar, e através da quais representa Portugal e os portugueses, nas diversas assembleias interparlamentares. Além do Conselho da Europa, o Parlamento português faz-se representar na NATO, na OSCE, na União para o Mediterrâneo e na CPLP.

DUARTE4O Conselho da Europa é uma das mais prestigiadas organizações internacionais e que se tem destacado na luta pelos direitos humanos, contra a todas as discriminações, mas também na construção de sociedades democráticas e na procura da estabilidade económica e social. Este órgão, não remunerado, reúne três a quatro vezes por ano em Estrasburgo.

- Publicidade -

O Conselho da Europa foi fundado a 5 de Maio de 1949 e é a mais antiga instituição europeia em funcionamento. Os seus principais objectivos são a defesa dos direitos humanos, o desenvolvimento do sistema democrático e a estabilidade social e política. O Conselho da Europa serve cerca de 800 milhões de pessoas em 47 Estados, incluindo os 28 Estados Membros da UE.

DUARTE2A Convenção Europeia dos Direitos Humanos e o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos são parte do Conselho da Europa. É para esse tribunal que são encaminhados os processos em que os europeus acham que um determinado Estado-membro violou um ou vários direitos dos seus cidadãos. Em Portugal, várias têm sido as decisões que na proteção dos cidadãos condenaram o Estado e os tribunais portugueses.

Duarte Marques é provavelmente um dos portugueses mais jovens de sempre a integrar a Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, em substituição do histórico João Bosco Mota Amaral, que foi recentemente homenageado pelos seus pares europeus e que deixou de ser Deputado na última legislatura, tal como José Mendes Bota que se destacou pelo seu trabalho na luta contra a violência doméstica.

DUARTEO Deputado eleito por Santarém irá integrar a Comissão de Assuntos Políticos e a Comissão das Migrações. A sua experiência de seis anos a trabalhar nas instituições  europeias, o fato de ter sido o Primeiro Vice Presidente da organização de juventude do maior partido político europeu, o PPE, de se ter destacado na crise política na Ucrânia, aliado ao facto de ser o actual Coordenador do Grupo Parlamentar PSD para os assuntos europeus, foram decisivos para esta escolha do Parlamento português.

Adão e Silva, Luís Ramos e Carlos Gonçalves serão os restantes Deputados do PSD no Conselho da Europa, sendo que do Partido Socialista os escolhidos foram Ana Catarina Mendes, a actual número dois do partido, Helena Roseta e Edite Estrela.

Duarte Marques, 34 anos, é natural de Mação. Fez o liceu em Castelo Branco e tirou Relações Internacionais no Instituto de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa, com especialização em Estratégia Internacional de Empresa. É fellow do German Marshall Fund desde 2013. Trabalhou com Nuno Morais Sarmento no Governo de Durão Barroso ao longo de dois anos. Esteve seis anos em Bruxelas na chefia do gabinete português do PPE no Parlamento Europeu, onde trabalhou com Vasco Graça Moura, José Silva Peneda, João de Deus Pinheiro, Assunção Esteves, Graça Carvalho, Carlos Coelho, Paulo Rangel, entre outros.

Foi Presidente da JSD e deputado na última legislatura, onde desempenhou as funções Vice Coordenador do PSD na Comissão de Educação, Ciência e Cultura e integrou a Comissão de Inquérito ao caso  BES, a Comissão de Assuntos Europeus e a Comissão de Negócios Estrangeiros e Cooperação.

Sócio de uma empresa de criatividade e publicidade com sede em Lisboa, é também administrador do Instituto Francisco Sá Carneiro, director Adjunto da Universidade de Verão do PSD, cronista do Expresso online, do Médio Tejo digital e membro do painel permanente do programa Frente a Frente da SIC Notícias.

Escreve no mediotejo.net à quarta-feira.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here