Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Deputado Hugo Costa (PS) questiona Governo sobre transportes, energia e poluição

O deputado Hugo Costa (PS), eleito por Santarém, interveio hoje na audição do Ministro do Ambiente tendo levantado um conjunto de questões nacionais sobre transportes, mobilidade elétrica e energias renováveis, para além de questões relativas a poluição do rio Tejo e do rio Almonda.

- Publicidade -

O deputado socialista solicitou a intervenção do Ministro do Ambiente para a “apresentação com urgência do relatório do Tejo, o combate à central de Almaraz”, a par de ter manifestado “preocupações com a poluição no concelho de Torres Novas”.

No contexto do debate na especialidade do Orçamento do Estado para 2017 o deputado Hugo Costa apresentou ainda ao Ministro do Planeamento e Infraestruturas algumas das prioridades a nível dos investimentos a nível regional, como as “passagens de nível na Linha do Norte, a segurança na estação do Entroncamento, a ponte da Chamusca e Estrada Nacional 118, a reabilitação urgente da N361, o acesso a Fátima em ano de centenário das aparições e a variante aos Riachos, a par da valorização do Ferrovia 2020 e dos fundos comunitários serem colocados ao serviço das pessoas”.

- Publicidade -

O deputado Hugo Costa é membro efetivo da Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

2 COMENTÁRIOS

  1. Para a história irá ficar que a Câmara de Torres >Novas e o seu Presidente não tem o mesmo critério para todas as empresas que poluem. Uma das maiores poluidoras a Sld de Riachos á propriedade do vice da assembleia Municipal sendo uma das mais poluentes do almonda e não vejo ninguém dos seus correlegionários muito preocupados com tal facto. Igualmente para a Comissão do Ambiente de <Torres Novas!..
    Aparentemente a grande preocupação é encerrar a única empresa que investiu em ambiente a Fabriólio. Admitindo que o senhor presidente e seus colegas conseguem encerrar esta empresa, serás que isso resolverá o problema ambiental nesta ribeira? Claro que não e a tendência até será para aumentar. Acho que há obsessão em encerrar esta empresa e por várias razões e cito só uma: mas onde está o plano para se encerrar as outras? Ou depois com ou sem plano irá deixar de ser necessário.!?
    Gostava de ver o BE também activo em relação às empresas que poluem e que são propriedade de membros do PS sendo uma logo a tal SLD e as outras é só consultarem a lista dos 40, Desconheço de momento se há empresas propriedade ou geridas por elementos do BE de T Novas mas volto a dizer que procurem na lista.https://sos-riotejo.blogspot.pt/

  2. Sendo aqueles assuntos os que mereceram referência por parte do deputado por Santarém , não
    posso deixar de dizer que considero bastante importante as que se referem à poluição do Tejo e à
    Central de Almaraz , preocupação já manifestada anteriormente pela Quercus (ANCN) e também
    do Rio Almonda se for o caso.
    Quero,no entanto, sublinhar que sempre que houver casos considerados importantes ou mesmo
    “extremos” em matéria de Ambiente ou outra, as populações podem e devem manifestar-se sem
    pensarem que “os outros é que os vão resolver” ! Nestes casos ou em outros, um deputado até
    agradeceria !

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome