Quarta-feira, Dezembro 8, 2021

Deputado do PSD acusa governo de falta de transparência na gestão do PT2020 (c/vídeo)

O deputado do PSD, Duarte Marques, aproveitou o debate com o Ministro da Economia sobre o OE2018, para voltar a apelar à igualdade de tratamento entre os concelhos que sofreram com os incêndios deste verão.

- Publicidade -

Duarte Marques lembrou que “o cardápio de apoios dirigidos às empresas e empresários dos concelhos de Pedrogão e de 15 de outubro são muitíssimo diferentes daqueles a que têm direito as empresas de outros concelhos como Mação, Oleiros, Fundão, Vila de Rei, Sardoal, Ferreira de Zêzere, entre outros.”

O deputado social-democrata lembra que o Governo abriu uma linha especial no PT2020 no programa SI2E para as empresas dos concelhos envolvidos nos fogos de 15 de outubro e “deixou de
fora todos os concelhos que arderam em Agosto.”

- Publicidade -

Também em matéria de transparência o Ministro da Economia ouviu críticas do PSD por causa da falta de Calendarização das aberturas de avisos do PT2020. No governo anterior “as empresas e instituições sabiam com grande previsibilidade quando e como abririam novos concursos, preparavam os seus investimentos com tempo e critério. Agora abrem sem nexo, aos soluços e de surpresa. Esta falta de transparência não é amiga do investimento”.

O deputado do PSD questionou ainda Caldeira Cabral sobre o atraso no “Mapeamento para as Infraestruturas Tecnológicas e Científicas” que permitirá à Comissão Europeia autorizar Portugal a utilizar fundos europeus para apoiar “Parques Tecnológicos, Ninhos e Incubadoras de empresas. Este trabalho está atrasado e é apenas isso da competência do governo.”

A falta de abertura de avisos para as SIACS (Sistema de Apoio a Ações Coletivas) que apoiam as associações empresarias e industriais, fundamentais para o apoio às pequenas e médias empresas, motivou a critica de Duarte Marques visto os avisos só terem aberto na região Norte, mas não no Centro nem no Alentejo. “Entidades tão relevantes como o NERSANT ou o NERLEI não podem aceder a estes apoios europeus que estavam disponíveis no PT2020 e por isso já bastante prejudicados face a associações empresarias do Norte do país”.

Jornalista profissional há mais de 30 anos, passou por vários jornais diários nacionais, nomeadamente pelo 'Diário de Lisboa', 'Diário de Notícias' e 'A Capital'. Apaixonada pela profissão desde a adolescência, abraçou o jornalismo nas suas diversas áreas, desde o Desporto às Artes e Espetáculos, passando pela Política e pelos temas Internacionais. O jornalismo de proximidade surge agora no seu percurso.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome