Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Setembro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Cultura | VOLver este fim de semana no Entroncamento, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha

Este fim de semana a programação cultural em rede VOLver anima o Entroncamento, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha. Entre música, dança e cinema, descubra as atividades gratuitas de que pode desfrutar nos dias 17 e 18 de julho.

- Publicidade -

O programa VOLver, que tem como objetivo geral promover a qualificação e valorização do tecido cultural e artístico do Médio Tejo, é cofinanciado pelo Programa Operacional Regional do Centro 2020. Pretende ainda fomentar a itinerância dos espetáculos e manifestações artísticas através de uma programação cultural em rede.

Dia 17 (sábado)
“Re:Rosas” e “Campo de Forças” (Torres Novas, 19h)

- Publicidade -

A primeira iniciativa neste fim de semana do VOLver decorre no Jardim das Rosas, em Torres Novas, e é de dança. É junto à chaminé da biblioteca que às 19h se pode descobrir a apresentação do projeto “Re:Rosas”, por parte dos alunos da escola O Corpo da Dança, e o objetivo é “levar a dança contemporânea a um grande público e estimular os jovens a começarem a dançar”.

Ainda integrado no mesmo evento, previsivelmente com início às 19h20, a coreógrafa Marta Tomé e o investigador Rui Matoso apresentam “Campo de Forças”, naquela que é “uma história universal do corpo”, que “não pode excluir de si a crítica dos mecanismos de violência que sobre ele se exerce em cada época particular”. 

A apresentação de bilhete é obrigatória, pelo que deve ser feita a reserva através do endereço de e-mail bilheteira.teatrovirginia@cm-torresnovas.pt ou através do número 249 839 309. O levantamento dos bilhetes deve ser feito no Teatro Virgínia, a não ser quando este estiver encerrado, decorrendo assim o levantamento de bilhetes no Posto de Turismo.

Jorge Esp Group (Vila Nova da Barquinha, 21h30)
Já às 21h30, vai ser jazz o que se vai ouvir na Praça da República, no centro de Vila Nova da Barquinha. O quarteto de fusão Jazz elétrico, Jorge Esp Group, vai até às terras barquinhenses para tocar originais e standards com arranjos do guitarrista Jorge Esperança.

A apresentação de bilhete é obrigatória, pelo que deve ser feita a reserva através do endereço de e-mail reservas@cm-vnbarquinha.pt ou através dos seguintes contactos telefónicos 249 720 358, 962 722 668 ou 927 410 436. O levantamento dos bilhetes é feito no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha.

Almonda de Saudade (Entroncamento, 22h)
De forma a homenagear as raízes, as gentes e as tradições da região, o grupo de músicos “Os Almonda” apresentam ao público o espetáculo “Almonda de Saudade“ no palco instalado na Praça Salgueiro Maia. O projeto Almonda de Saudade nasceu do sonho e cresceu pela voz de artistas da região para elevação do património cultural da região, que exalta o rio Almonda, as suas gentes e tradições.
As reservas de bilhetes devem ser feitas através do email cultura@cm-entroncamento.pt ou através do contacto telefónico 249 720 400 – tecla 6, e o levantamento de bilhetes na Galeria Municipal (Centro Cultural).
 
Dia 18 (domingo)
 
Zambézia (Vila Nova da Barquinha, 21h30)
O Parque da Escultura Contemporânea do Almourol, no Parque Ribeirinho, é o responsável por acolher a sessão de cinema especialmente dirigida aos mais novos, onde o filme apresentado é “Zambézia”. Na história, um jovem falcão, frustrado com os excessos de zelo de um pai controlador, parte em direção à Zambézia, em Moçambique, para viver a sua vida e correr os seus próprios riscos. Depois de conhecer uma série de personagens, descobre que viver em comunidade pode ser ainda mais complicado do que sobreviver aos perigos da selva e que a vida só vale a pena quando partilhada com quem se ama.
 
O filme Zambézia é exibido no domingo à noite em Vila Nova da Barquinha. Imagem: Facebook VOLver

Licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo. Ávido leitor, não dispensa no entanto um bom filme e um bom serão na companhia dos amigos.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome