Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Cultura | Prémio Literário Médio Tejo Edições já tem vencedores

O primeiro Prémio Literário Médio Tejo Edições já tem vencedores. A entrega dos galardões nas categorias de Romance, Não-Ficção e Poesia no concurso organizado pela editora sediada no Tramagal, concelho de Abrantes, foi feita este sábado, dia 9, no átrio do TorreShopping, em Torres Novas, e os autores têm agora a oportunidade de ver as suas obras publicadas até ao final do ano, além do prémio monetário no valor de 500 euros.

- Publicidade -

A revelação dos nomes decorreu no primeiro dia da “Festa dos Livros”, iniciativa organizada em parceria pela Médio Tejo Edições e o centro comercial torrejano, que se realiza durante este fim-de-semana. O programa arrancou com a abertura da feira do livro e do espaço infantil que podem ser visitados nos dois dias e incluiu uma conversa e sessão de autógrafos com a escritora Patrícia Reis, autora do livro “A construção do vazio”, o mais recente de 12 romances já editados pela D. Quixote.

Os finalistas foram anunciados no passado dia 1 de setembro depois da escolha do júri composto por Patrícia Fonseca, diretora editorial da Médio Tejo Edições e editora da revista Visão, Patrícia Reis, escritora e CEO da 004 e editora da revista Egoísta, António Matias Coelho, historiador, consultor cultural e presidente da Associação Casa-Memória de Camões, e Margarida Teodora, diretora da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes e chefe de divisão de Educação e Cultura da Câmara Municipal de Torres Novas.

- Publicidade -

O júri e a diretora do TorreShopping juntaram-se num momento marcado pela descontração. Foto: Paulo Jorge de Sousa

Joaquina Romão, diretora do TorreShoppping, juntou-se aos quatro na tarde em que Evelina da Silva Gaspar foi reconhecida pela obra “Na massa do sangue” na categoria de Romance, Paulo Jorge de Sousa pelo trabalho fotográfico “O Arneiro, ensaio fotográfico”, na categoria de Não-Ficção, e António Lúcio Coutinho Vieira pelos seus “20 poemas de dores e amores”, na categoria de Poesia. O último não esteve presente, por motivos de saúde, ao contrário dos restantes finalistas, a quem foram entregues Menções Honrosas.

Nuno Garcia Lopes e José António Correia Pais dificultaram a escolha do júri na Poesia com “O outro livro do Génesis” e “Perspectiva sobre o corpo das águas”, respetivamente, tendo a Menção Honrosa do último sido recebida pela filha, devido ao falecimento do autor. Jorge Manuel Marques Moita Fazenda participou no concurso literário com o romance “A tribo” e José Manuel Falcão da Silva Tavares foi finalista na categoria de Não-Ficção com o conjunto de entrevistas que compõem a “A biblioteca ambulante”.

O fotógrafo Paulo Jorge de Sousa foi um dos vencedores da primeira edição do concurso. Foto: mediotejo.net

Conversámos com Patrícia Fonseca pouco depois do anúncio dos vencedores e da entrega dos prémios, que confirmou ao mediotejo.net que o concurso literário se trata do “primeiro” e existirão novas edições, tendo a próxima data prevista de lançamento na próxima primavera. A diretora da editora ligada à publicação de obras relacionadas com a história e cultura regionais acrescentou que pretende tornar a iniciativa anual e que a mesma possa “fazer História e ganhar peso na região” uma vez que se trata do “único prémio” do género no Médio Tejo.

A reunião dos finalistas, respetivos familiares e pessoas ligadas a diversas áreas tornou o momento “muito emotivo”, diz, nomeadamente por permitir “dar uma cara aos autores” que lera em pseudónimo: “Não conhecíamos sequer os nomes verdadeiros das pessoas.”

O final de tarde no átrio do TorreShopping representou também o início de “um caminho” marcado pela adrenalina de dar a conhecer os autores até ao final do ano, através da publicação e lançamento das obras “de qualidade nacional” premiadas nas três categorias.

Na primeira edição do Prémio Literário Médio Tejo Edições, a região assumiu-se como terra de poetas com a participação de 24 trabalhos ligados à Poesia entre os 36 que estiveram a concurso. Patrícia Fonseca assume que o número a surpreendeu e gerou a vontade de publicar uma coletânea anual com os muitos “poemas excecionais” que demonstram as fortes ligações da região “a esta arte” e que não “podem ficar na gaveta”.

A revelação dos vencedores e entrega dos prémios foi feita no átrio do TorreShopping. Foto: Paulo Jorge de Sousa

O desafio para todos aqueles que não participaram na primeira edição e desejem apresentar a sua veia poética e criativa ao mundo ou construir uma carreira literária é lançado pela jornalista e editora da revista Visão. Aceitá-lo pode significar que o nome estará num dos galardões entregues em setembro de 2018. Até lá, a Médio Tejo Edições vai continuar a cumprir aquilo que Patrícia Fonseca apelida de “missão de serviço público” através da divulgação das palavras dos autores que vão registar o Médio Tejo no tempo.

A “Festa do Livro” continua este domingo com a feira que reúne obras literárias novas e usadas e o espaço dedicado à leitura dos mais novos. Para as 16h00 está agendada uma conversa literária com a socióloga Vera Dias António, autora do livro “Mação, retrato falado” – o primeiro editado pela Médio Tejo Edições no passado mês de julho -, e um workshop com a copywritter e storyteller Cristina Nobre Soares, entre as 17h30 e as 19h00. Os interessados no atelier de escrita podem inscrever-se através do e-mail comunica@mediotejoedicoes.net ou no local.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome