Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

CRÓNICA: Esta 6ª feira comemora-se o Dia Mundial da Alimentação

Saúde oral e alimentação nas escolas

- Publicidade -

Começou um novo ano letivo. Vulgarmente diz-se, começou a escola. É tempo de iniciar intervenções que, para os profissionais, se traduzem em muitas repetições e algumas inovações. É tempo de operacionalizar o que se planeou. Também é assim com os profissionais de saúde e em particular os que integram as equipas de saúde escolar. É seu desejo, é sua obrigação profissional, cuidar da saúde dos nossos alunos, dos nossos filhos, dos nossos netos…

Individualmente, os seus contributos são quase sempre muito modestos, embora coletivamente muito relevantes. Vem isto a propósito de um projeto realmente inovador, resultante de uma parceria entre serviços de saúde e de educação. Refiro-me ao Projeto SOBE, que significa Saúde Oral Bibliotecas Escolares. Ao nível central, resulta de um entendimento entre a Direção Geral da Saúde, o Plano Nacional de Leitura e a Rede de Bibliotecas Escolares. A criação de um site dedicado, que o leitor pode/deve consultar através de www.sobe.pt garante uma comunicação fácil e acessível dessas estruturas com os serviços locais, com os educadores, com o público em geral. O desafio que o SOBE encerra consiste em juntar saúde e aprendizagem, fazendo-o através de manifestações artísticas, da poesia, de imagens, de afetos.

- Publicidade -

Nas 2400 Bibliotecas Escolares existentes em Portugal foram expostos Kits de Saúde Oral, portadores de inúmeros materiais, produzidos a pensar nos previsíveis utilizadores, isto é, nos alunos e professores. Os 2 Kits de Saúde Oral distribuídos até ao momento, não são mais do que caixas, muito bem decoradas, que no seu interior armazenam livros para jovens e adultos, manuais para professores e educadores de infância, folhetos, brochuras, auto-colantes, jogos, fichas de trabalho e outros materiais veiculadores de mensagens de saúde oral. Tudo feito com a intenção de facilitar o trabalho dos educadores e professores e de informar, motivar, corresponsabilizar, promovendo a literacia dos alunos numa área da saúde intimamente relacionada com os seus comportamentos, os seus hábitos.

alimentacao2

Dia Mundial da Alimentação

Na próxima 6ª feira, 16 de outubro, comemora-se o Dia Mundial da Alimentação. É um momento único, que podemos usar para pensarmos um pouco sobre a forma como lidamos com este fator que tanto influencia a nossa saúde. No ACES Médio Tejo recebemos uns cartazes muito coloridos, produzidos pela Direção Geral da Saúde, alusivos ao tema Saúde Oral e Alimentação. Quisemos conhecer junto dos responsáveis mais alguma coisa sobre essa iniciativa. Para o efeito perguntámos à Higienista Oral, Cristina Ferreira, o que estava a acontecer a nível nacional e obtivemos a seguinte resposta:

Ouvir quem sabe

alimentacao4

Neste início de ano letivo, a comemoração do Dia Mundial da Alimentação foi um ótimo pretexto para editarmos e distribuirmos, a nível nacional, 9000 cartazes apelativos e alusivos à relação entre a saúde oral e a alimentação. Os cartazes serão divulgados através da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), escolas, unidades de saúde do Serviço Nacional de Saúde, consultórios dentários, entre outros locais. Também estarão disponíveis para “download” nos sites do SOBE, da RBE e da DGS.

A educação para um consumo alimentar saudável e adequado às necessidades de cada pessoa, as recomendações alimentares para reduzir o risco de cárie dentária bem como as recomendações relacionadas com a higiene oral podem e devem ser trabalhados por profissionais de diferentes áreas, de forma integrada, contribuindo também para a prevenção de doenças crónicas como a obesidade, a diabetes ou as doenças cardiovasculares.

alimentacao3

Através do SOBE, centenas de Agrupamentos de Escolas e outras instituições de educação e ensino, assumiram o compromisso de incluir no dia-a-dia dos alunos aspetos relacionados com a promoção da saúde oral, através da leitura, da escrita, das artes e, da escovagem dos dentes. Desde o ano letivo 2012/13 foram distribuídos 257.441 kits de higiene oral (copo, escova e dentífrico) para que os alunos façam a escovagem dos dentes, diariamente, no jardim-de-infância ou na escola.

Também é importante que tanto os professores como os pais, saibam e transmitam algumas ideias-chave sobre a influência da alimentação na saúde oral. Os alimentos têm um efeito direto sobre os dentes influenciando o desenvolvimento de cárie dentária e a erosão do esmalte dentário. Sabemos hoje que existe uma relação entre o desenvolvimento da cárie dentária e a frequência de ingestão de certos alimentos ou bebidas açucaradas. E uma relação entre o consumo (em quantidade e qualidade) deste tipo de bebidas e alimentos e o aparecimento de obesidade. Por sua vez, a má qualidade da dentição pode ter um efeito direto na capacidade de mastigar e de digerir corretamente os alimentos.

Obrigado Cristina Ferreira. Para obter mais informações sobre saúde oral e alimentação, consulte:

http://www.alimentacaosaudavel.dgs.pt

http://www.sobe.pt

http://www.rbe.mec.pt/np4/sobe.html

www.alimentacaointeligente.dgs.pt

http://nutrimento.pt/

 

Rui Calado é médico epidemiologista e especialista em Saúde Pública. Foi coordenador da USP (Unidade de Saúde Pública) do ACES Zêzere e do Médio Tejo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here