Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Setembro 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Crónica fotográfica, por Paulo Jorge de Sousa

– Boa tarde…

- Publicidade -

– Boa tarde, então como vai?

– Posso tirar-lhe uma fotografia?

- Publicidade -

– Eh eh eh sim, claro…

– Pode ser aí mesmo onde está…

– Pois… eh eh eh (Manel sai do sitio onde estava e poisa um monte de pedras redondas a um canto da escadaria)

– Manel venha cá, pode ser com isso na mão…

– Não… eh eh eh… é para afiar uns canivetes de vez em quando eh eh eh.

– Então pode ser mesmo aqui no meio da escadaria?

-Sim eh eh eh… (Manel fica em sentido, pronto para a fotografia)

– Então vou tirar a fotografia, está bem?

(Tirada a foto)

– Eh eh eh deve ter ficado boa…

– Está muito sol aqui, mas olhe aqui para a máquina, apesar de não se ver nada… está muito sol e não se consegue ver bem… está a ver? Não se vê quase nada… mas deve ter ficado muito bem.

– Hummmmmmm… parece que não ficou muito bem…

– Ficou sim, mas quer que tire outra? Venha lá para aqui outra vez…

-Sim eh eh eh… (Manel fica em sentido, pronto para a fotografia)

– Quer ver outra vez? Olhe aqui para a máquina, apesar de não se ver nada, está muito sol e não se consegue ver bem assim… mas está muito bem outra vez…

– (Manel olha para o visor da máquina) eh eh eh sim sim sim…(pausa) a outra estava bem boa sim… eh eh eh

E a conversa com o Manel continuou pela escadaria do convento acima.

Manel é conhecido no Sardoal pelo “Manel da Tojeira” (lugar da Freguesia de Alcaravela, Sardoal) e é utente do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Sardoal.

É um homem afável, amigo e sempre muito educado.

É conhecida, em toda a vila do Sardoal, a sua vertente de colecionador de esferográficas.

Esta fotografia foi tirada durante a conversa.

Nasceu no Sardoal em 1964, e é licenciado em Fotografia. Fez o Curso de Fotojornalismo com Luíz Carvalho do jornal “Expresso” (Observatório de Imprensa). É formador de fotografia com Certificado de Aptidão Profissional (registado no IEFP). Faz fotografia de cena desde 1987, através do GETAS - Centro Cultural, do qual também foi dirigente e fotografou praticamente todos os espetáculos. Trabalha na Câmara Municipal de Sardoal desde 1986 e é, atualmente, Técnico Superior, editor fotográfico e fotógrafo do boletim de informação e cultura da autarquia “O Sardoal” e de toda a parte fotográfica do Município. É o fotógrafo oficial do Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal. Em 2009, foi distinguido pela rádio Antena Livre de Abrantes com o galardão “Cultura”, pelo seu percurso fotográfico. Conta com mais de meia centena de distinções nacionais e internacionais. Já participou em dezenas de exposições individuais e coletivas.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome