Segunda-feira, Dezembro 6, 2021

Crónica fotográfica, por Paulo Jorge de Sousa

Já passei por ali umas quantas vezes, já fotografei aquele miradouro outras tantas, mas até àquele final de tarde, nunca tinha abordado aquele monumento por este ponto de vista. A fotografia, por vezes, tem destas coisas. Permite voltar aos sítios e ver tudo de maneira diferente.

- Publicidade -

Fotografia: Monumento em homenagem a Duarte Ferreira, Tramagal, setembro de 2021.

Nasceu no Sardoal em 1964, e é licenciado em Fotografia. Fez o Curso de Fotojornalismo com Luíz Carvalho do jornal “Expresso” (Observatório de Imprensa). É formador de fotografia com Certificado de Aptidão Profissional (registado no IEFP). Faz fotografia de cena desde 1987, através do GETAS - Centro Cultural, do qual também foi dirigente e fotografou praticamente todos os espetáculos. Trabalha na Câmara Municipal de Sardoal desde 1986 e é, atualmente, Técnico Superior, editor fotográfico e fotógrafo do boletim de informação e cultura da autarquia “O Sardoal” e de toda a parte fotográfica do Município. É o fotógrafo oficial do Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal. Em 2009, foi distinguido pela rádio Antena Livre de Abrantes com o galardão “Cultura”, pelo seu percurso fotográfico. Conta com mais de meia centena de distinções nacionais e internacionais. Já participou em dezenas de exposições individuais e coletivas.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome